Turbulências

Para mostrar que as novas matrizes renováveis de produção de energia, como a eólica, são insuficientes para atender à demanda no Brasil, o diretor-geral de Itaipu, Jorge Samek, lembrou que o vento nem sempre sopra a favor da produção: “O vento é filiado à CUT, de vez em quando faz greve. Daí a importância das hidrelétricas na matriz brasileira”, defende com bom-humor Samek.

Mais seguras
Sobre o impacto ambiental que seria causado pelas novas hidrelétricas, o diretor-geral de Itaipu disse que Turucuí possui “usinas plataforma” que se deslocam. E acrescentou que o grau de utilização do território em relação à floresta é de um centésimo. Samek defendeu ainda a renovação das atuais concessões no setor elétrico: “Uma usina envolve muita coisa e, ao saber que passará adiante a concessão, o concessionário acaba não fazendo investimentos de médio e longo prazo, resultando no sucateamento, como ocorreu com a Light pré-privatização”, lembrou.

Além da ficção
Além de mostrar que, para os brasileiros, o que combate a pobreza é, principalmente, gerar emprego, o estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sobre a percepção da pobreza expõe outra dessintonia entre a população e representantes da elite. Diferentemente dos criadores da “nova classe média” (NCM), para os quais residências que, independentemente do número de pessoas que abrigam, se tiverem renda de R$ 1 mil se constituem como a NCM, para os brasileiros do mundo real é preciso ter renda familiar mensal de R$ 2.090 para não ser considerado pobre, considerando uma família com, no mínimo, quatro membros.

Além da ficção 2
Isso significa uma renda familiar per capita de R$ 523: “Quando se compara esse valor à atual linha de pobreza, observa-se que ele é aproximadamente 3,5 vezes maior que o utilizado na operacionalização do Programa Bolsa Família (R$ 140) e 7,5 vezes a linha da extrema pobreza (R$ 70)”, destacou o Ipea no texto em que analisa a pesquisa.
Já entre os mais ricos, a renda per capita mínima para não ser considerado pobre é de ser de R$ 725; e, entre os mais pobres, de R$ 385.

Natal borbulhante
O setor de vinhos, espumantes, sidras e fermentados de frutas prevê que cerca de 60% da produção de espumantes nacional sejam comercializados no último trimestre. De janeiro a outubro, as vendas de espumantes das vinícolas gaúchas superaram em 8% o movimento do mesmo período do ano passado. Se incluídos os vinhos finos e de mesa, o crescimento das vendas sobe a 9,5%, com produção total de 198,6 milhões de litros.

Lata vira livro
“Troque uma latinha por um livro.” A campanha, que a Associação Semente Vida (ASVI), localizada na Cidade Deus, realizará até março de 2012, tem como objetivo estimular a leitura infantil e conscientizar os jovens sobre os cuidados com o meio ambiente. Cada latinha que as crianças encontrarem jogada na rua será trocada por um livro. O Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio (Sescon-RJ) está arrecadando livros infantis e infanto-juvenis para ajudar a campanha. Os interessados em participar devem realizar as doações na sede do Sescon-RJ (Avenida Passos 120, no Centro do Rio de Janeiro), no horário comercial.

Lição do Barcelona
Não é apenas o jornalismo econômico que, com a crise, passou a defender, com naturalidade, propostas até então demonizadas por ele, como o aumento dos gastos públicos. Também impressiona os analistas da mídia tupiniquim a ligeireza com que a imprensa esportiva, que elevara Neymar ao patamar de gênio, tenha esquecido os exagerados e precoces elogios derramados sobre o jovem e, por enquanto, apenas bom atacante do Santos. Ao mesmo tempo, os defensores do futebol pragmático ainda não explicaram o que os levou a passarem a defender o bonito e eficiente jogo praticado pelo Barcelona.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVai piorar
Próximo artigoBye, bye terrinha!

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Seven Tech: Mais de 2,5 milhões de cartões de crédito até 2023

Com operações em seis países e presença em três continentes (Europa, África e América Latina), o Seven Tech Group, que nasceu como Software house...

Indústria de fundos está pronta para investimentos sustentáveis

É hora de a própria indústria de fundos, por meio de iniciativas de autorregulação, preencher o gap regulatório que ainda existe em torno dos...

Índice da B3: Empresas com melhores práticas no mercado de trabalho

A B3, bolsa do Brasil, e a consultoria global, Great Place to Work, anunciaram nesta terça-feira a criação de um novo índice com foco...

Comissão debate venda da Oi Móvel para outras operadoras

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta quinta-feira (21) para tratar da venda da Oi Móvel...

CVM: Acordo de R$ 300 mil após autodenúncia de infração

O Colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) analisou, em reunião nesta terça-feira, propostas de Termo de Compromisso dos seguintes Processos Administrativos (PA)...