Turismo: 40% dos destinos diminuíram restrições

Dado foi divulgado pela Organização Mundial do Turismo e indica uma retomada das atividades turísticas no mundo.

Análise feita pela Organização Mundial de Turismo (OMT), agência das Nações Unidas para o setor, indica que o turismo começa a ser retomado no mundo, com facilitação de viagens e adaptação do segmento à nova realidade da pandemia. Segundo o organismo, 40% de todos os destinos no mundo diminuíram as restrições adotadas como resposta à covid-19.

A OMT monitora os efeitos da pandemia desde o começo da crise. O panorama atual é bem maior do que o registrado em 15 de junho, quando apenas 22% dos destinos tinham facilitado as atividades turísticas, e está bem acima dos 3% observados no dia 15 de maio. Segundo a agência, confirma uma adaptação lenta e um reinício responsável. Só quatro destinos levantaram totalmente as restrições.

"O reinício do turismo pode ser realizado de forma responsável e de maneira a preservar a saúde pública e, ao mesmo tempo, apoiar as empresas e os meios de subsistência", disse o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili.

 

Agência de Notícias Brasil-Árabe

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

PIB dos EUA cai mais que previsto, porém inflação perde ritmo

Recessão não está descartada, segundo analistas.

Turquia quer acordo escrito para Finlândia e Suécia na Otan

Até agora, turcos têm sido os únicos membros da Otan que se opõem às propostas dos dois nórdicos.

FMI alerta sobre mais riscos negativos para economia global

Em abril, Fundo havia dito que o crescimento global desaceleraria de estimados 6,1% em 2021 para 3,6% em 2022 e 2023.

Últimas Notícias

B 3 lança novos produtos para negociação de estratégias de juros

Operações são estruturadas de contratos futuros de DI, DAP e FRC

JBS tem governança fraca, mas perfil de negócio forte

JBS tem governança fraca, mas perfil de negócio forte

Brasil corre risco de desabastecimento de diesel

Alerta foi feito inclusive pela direção da Petrobras

Lucros das empresas subiram 55% no primeiro trimestre

Em abril, quase metade das categorias de trabalhadores não conseguiu repor inflação.

PIB dos EUA cai mais que previsto, porém inflação perde ritmo

Recessão não está descartada, segundo analistas.