É a indústria, estúpido!

O vice-presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, discorda dos que atribuem apenas, ou principalmente, à diferença salarial entre os dois países o fato de a exportação de bens manufaturas pela China ser bem superior à do Brasil: “E a Europa? Lá os salários são bem superiores aos do Brasil e eles exportam, principalmente, produtos manufaturados, enquanto nos limitamos às commodities”, compara.
Para Castro, o fato de as principais exportações brasileiras serem de commodities comprova a ausência de uma política para o setor. Ele argumenta que o câmbio valorizado expulsa os exportadores de manufaturados do mercado internacional: “As exportações de commodities, que dependem do resto do mundo vão bem. As de manufaturados, que dependem do Brasil, vão mal”, critica.

“Big” capital
Uma campanha nacional, no estilo “I Love New York”, é a estratégia escolhida por diversas entidades da sociedade civil de Brasília para protestar contra os casos de corrupção na República e, ao mesmo tempo, promover a imagem da capital. “Brasília Meu Amor” será lançada nesta quarta-feira. “Qualquer um que mora em Brasília está sujeito a ser chamado de “marajá”. As empresas locais sofrem o mesmo tipo de preconceito na hora de discutir negócios com parceiros de fora”, diz um dos idealizadores da campanha, Fernando Brettas, presidente do Sindicato das Agências de Propaganda do Distrito Federal.

Chapéu alheio
“Os espertos do Ministério da Fazenda inventaram que podem aceitar alguma dedução da CPMF desde que seja no Imposto de Renda. Ora, ora, 50% do IR vão para os estados e municípios, compondo os fundos de participação. Ou seja, a tal dedução seria paga -metade – pelos estados e municípios. Arranja outra, ô Mantega.” O protesto é do prefeito do Rio, Cesar Maia, em seu Ex-blog.

Câncer
Os custos dos tratamentos à base de quimioterapias realizados pelo SUS aumentaram 450% nos últimos anos, pulando R$ 18 milhões para R$ 82 milhões, como resultado do envelhecimento da população brasileira e da chegada de novas drogas e tratamentos. A conclusão é de estudo que será apresentado no 2º Congresso Internacional de Controle de Câncer (ICCC/INCA), de 25 a 28 de novembro, no Rio de Janeiro. Nos Estados Unidos, o número de novos casos de câncer deve pular de 1,3 milhão, em 2005, para 1,8 milhão, em 2020.

Imigrantes
A trajetória de um imigrante brasileiro nos Estados Unidos está no livro Tatuagens (Editora Nova Prova, 368 páginas, R$ 30), autobiografia do jornalista Chico Moura. Ele mostra, em mais de 300 fotos, as diferentes comunidades de brasileiros na Costa Leste dos Estados Unidos. O lançamento será nesta terça-feira, às 19 horas, no Varanda (esquina de Rua Prudente de Morais com Rua Vinícius de Morais, Ipanema, RJ)

Multi
O Coppead/UFRJ promove, nestas quinta e sexta-feira, o VI Workshop em Internacionalização de Empresas. O objetivo do evento, que acontecerá no Rio de Janeiro, é debater questões relacionadas à gestão transnacional. Entre os participantes está Mike Kotabe, professor titular da Temple University e um dos maiores especialistas mundiais em marketing internacional. Informações: www.coppead.ufrj.br.

Além de Hollywood
O Festival Varilux de Cinema Francês chega à sua sexta edição, com exibição de sete filmes que percorrerão 12 cidades brasileiras, começando por São Paulo e Rio de Janeiro, que na pré-estréia, nestas terça e quinta-feira, respectivamente, apresentarão o longa A Noiva Perfeita, de Eric Lartigan.

Bolha, nô!
Se a PetroChina vale, de fato, US$ 1 trilhão, conforme crêem os que se guiam pelas cotações das bolsas de valores, isso significa que uma única empresa chinesa equivale a 1/12 de tudo que é produzido nos Estados Unidos – ou o maior Produto Interno Bruto (PIB) do mundo, para usar a unidade de medida dos economistas. Algum marciano que não trabalha no mercado financeiro ou não viva na República de Comandatuba acreditaria nisso?

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJogo
Próximo artigoLigação

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Receita apreende mercadorias piratas avaliadas em R$ 1 milhão

Foram apreendidos na operação 170 volumes de mercadorias englobando videogames e acessórios, roteadores, entre outros.

Prorrogada a CPI dos royalties do Rio por 30 dias

Prorrogação do prazo se deve à complexidade da matéria e aos vários documentos requisitados que ainda estão sendo recebidos pela comissão.

Governo dos EUA se prepara para paralisação na semana que vem

Em outra frente de luta, líder democrata Nancy Pelosi anuncia acordo sobre pacote de Biden.

Alimentos são direito, não mercadoria, diz ONU

Três bilhões de pessoas não podem pagar uma dieta saudável.

PEC 32: Comissão da Câmara aprova texto-base da reforma administrativa

Proposta do relator tem terceirização e privatização do serviço público.