Último ato

A fase final do julgamento do impeachment começou sem que consigam demonstrar crime de responsabilidade feito pela presidente Dilma Rousseff. Não precisa. Ela já foi condenada pela imprensa, e o julgamento no Senado é político – talvez o adjetivo mais apropriado fosse “cínico”. O principal argumento é que ela paralisou a economia do país. Mas o instrumento do “recall” não existe na Constituição brasileira (se existisse, menos da metade dos governadores e prefeitos concluiria seus mandatos). A avaliação do governo de Dilma já foi feito, em 2014, e ela ganhou a eleição. Qualquer coisa diferente disso, por mais bem intencionada que seja (e não é o caso), não pode escapar de outra qualificação: “golpe”.

O governo interino vai pavimentando seu caminho para ficar em definitivo no poder à custa de muitos bilhões de reais: R$ 73 bilhões este ano (a previsão de déficit público pulou de R$ 97 bilhões para R$ 170 bilhões), R$ 143 bilhões em 2017. Ou R$ 216 bilhões. Dinheiro que é visto por alguns integrantes do “mercado” como um mau necessário para violar a Constituição, detonar direitos da população e colocar estados sob o controle da União, acabando com o federalismo.

E pensar que as pedaladas das quais acusam Dilma, na conta mais exagerada, somaram R$ 72 bilhões – ou um terço do que o governo interino torrará em um ano e meio.

Senzala

A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), quem diria, saiu em defesa do ministro interino do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que estaria sendo atacado por executivos do setor financeiro, que o teriam classificado como “fraco” para realizar o desmonte dos direitos trabalhistas.

O ministro do Trabalho, seguindo a coerência e firmeza apresentadas em toda a sua trajetória política, tem buscado o diálogo e a negociação entre os representantes dos setores laboral e patronal no sentido de encontrarmos consensos em medidas que efetivamente sejam benéficas para o país e para o povo. Portanto, não existe nada mais corajoso e digno de aplausos do que o fato de o ministro Ronaldo Nogueira defender seus princípios de forma honesta, sem se dobrar às pressões dos escravocratas”, afirma Antonio Neto, presidente da Central.

Empreendedores

São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais lideram o ranking de empresas abertas nos últimos 12 meses, com 540.071, 206.222 e 203.878, respectivamente. “O empreendedorismo é uma alternativa forte contra o crescente desemprego e os dados sinalizam cada vez mais isso¨, explica Rafael Albuquerque, Diretor Comercial da UnitFour, autora do levantamento.

Os setores que mais receberam investimentos foram os de varejo e acessórios, com 96.271; salões de beleza (85.130); cosméticos, perfumaria e higiene (54.503); produtos alimentícios (minimercados, mercearias e armazéns), com 53.652; e instalação e manutenção elétrica, com 53.252.

Ameaça externa

O cenário mais provável, por enquanto, é de um aumento dos juros nos EUA no início de 2017, analisa o professor do Mestrado em Economia e pesquisador do Centro Mackenzie de Liberdade Econômica, Pedro Raffy Vartanian. No entanto, se a economia estadunidense mostrar um forte crescimento, o Fed (Banco Central dos EUA) poderá iniciar o processo de elevação da taxa de juros já no fim de 2016, o que poderá, na opinião de Vartanian “impactar, de forma negativa, o processo de retomada gradual do crescimento econômico no Brasil”.

Rápidas

Facebook, Twitter, Whatsapp, Instagram e crowdfunding são as novas armas no arsenal de partidos e candidatos. Sobre este cenário, a FGV Direito Rio realiza, nesta sexta-feira, o seminário Eleições na Rede: novos rumos da democracia digital nas eleições de 2016, na sede da FGV (Praia de Botafogo 190, 8º andar) *** A Across está realizando a seleção dos Programas de Estágio e Trainee 2017 da Oxiteno, companhia do setor químico. Os programas são voltados para estudantes e profissionais de áreas como Administração, Economia, Química e Engenharias. As inscrições ficam abertas até 30 de setembro no site: http://www.iniciobrilhanteoxiteno.com.br/ *** O Brasillis Idiomas está com turmas abertas para quem quer se especializar em tradução de histórias em quadrinhos. Inscrições pelo telefone (21) 2529-8104 *** O legado dos jogos Rio 2016 é o tema do seminário Sports Flame – Rio Capital Mundial do Esporte, 14 de setembro, com o diretor de Marketing da Coca Cola, James Williams e o diretor de Patrocínios da Rio 2016, Renato Ciuchhini, entre outros. Informações: (21) 2514-1203 *** A partir de 6 de setembro, a Immi Canada e a 3RA Intercâmbio promovem ciclo de palestras em cinco cidades brasileiras. As inscrições podem ser feitas através do site das empresas *** A Associação Brasileira de Franchising (ABF Rio) realiza, a partir de 15 de setembro, a 11ª edição do Programa de Capacitação em Franchising (PCF) para os interessados em investir e se capacitar profissionalmente. Inscrições pelo e-mail [email protected]

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Benext lança primeiro serviço de voice commerce no Brasil

Desenvolvida pela startup para Colgate-Palmolive, a loja é integrada com a Amazon e o cliente faz toda a compra por comando de voz.

‘Imortal: Arte, Alma e Futuro’ nesta 5ª feira

Autora do monumento em homenagem a Ayrton Senna expõe 45 peças inéditas no Centro Cultural Correios RJ.

Exposição ‘Enredados’ no Centro Cultural Correios RJ

São seis esculturas e seis pinturas, com 2 metros de altura, abstratas e com metal naval.

Protestos contra a venda da Reman

O Sindicato dos Petroleiros do Amazonas (Sindipetro-AM), filiado à Federação Única dos Petroleiros (FUP), entrou com ação na Justiça contra a venda da Refinaria...

Vale e empresa chinesa buscam descarbonização para a siderurgia

A Vale assinou um Memorando de Entendimento ("Memorandum of Understanding”, ou “MoU”, em inglês) com a chinesa Jiangsu Shagang Group Co., Ltd em que...