25 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, janeiro 20, 2021

Um em cada três estudantes não tem acesso a EAD na pandemia

Em março de 2020, a PwC lançou uma colaboração estratégica global com o Unicef em apoio ao programa Generation Unlimited – GenU (Geração Que Move, no Brasil), que tem como objetivo ajudar milhões de jovens de todo o mundo a desenvolverem habilidades profissionais. A iniciativa, fundamental em tempos como os atuais, marcados pela pandemia de Covid-19, une os setores público e privado e ainda a sociedade civil para dar origem a programas e estruturas de inovação que apoiem os jovens em direção a um futuro produtivo e de pleno exercício da cidadania.

Os primeiros dados e conclusões obtidos a partir da parceria estão no relatório Stepping Forward: Connecting today’s youth to the digital future. O estudo abre uma série de análises sobre a exclusão digital da juventude, um problema que, se não for tratado, trará sérias implicações para as sociedades e economias.

De acordo com o estudo, o desafio é imenso. Um em cada três estudantes em todo o mundo – aproximadamente 463 milhões de jovens – não tem tido acesso ao ensino à distância desde quando as escolas fecharam por conta do surto global, e um em cada seis parou de trabalhar desde o início da pandemia.

Cerca de 40% dos jovens que estão desempregados atuavam em setores severamente impactados pela Covid-19, e quase 77% estavam no mercado informal. Trata-se de um público que não tem acesso adequado à tecnologia e que não possui habilidades digitais desenvolvidas – por isso é a fatia da população que mais sofre neste panorama.

Mas o relatório não se limita a más notícias – ele também identifica oportunidades e reimagina soluções para o século XXI. Segundo o estudo, agora é o momento de agir para melhorar a aptidão econômica das sociedades, criando milhões de trabalhadores com as habilidades necessárias para prosperar na economia digital e também dar origem aos recursos que permitirão sustentar empresas e governos.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Artigos Relacionados

Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) caiu 2,2% em janeiro de 2021 e passou para 105,8 pontos. Segundo explicou a Confederação...

Itens mais procurados têm relação com o lar, home office e transporte

No ano em que os brasileiros enfrentaram as restrições sociais da pandemia da Covid-19 e passaram mais tempo em casa, a procura por itens...

Fábrica fechada pela Petrobras poderia suprir demanda por oxigênio

Pequena modificação levaria planta de fertilizantes a produzir o gás hospitalar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Exportações de suco de laranja recuam 23% entre julho e dezembro

Safra menor e estoques mais elevados estão entre as principais razões para a baixa.

Os desafios para Joe Biden nos EUA

Avanço da Covid-19 pode fazer com que democrata e equipe tenham que apagar alguns incêndios no começo do mandato.

Mercados sobem em véspera do Copom

Campos Neto, presidente do BC, participa da primeira sessão da reunião do Copom.

Mercados locais sobem seguindo Bolsas mundiais

Dia amanhece com tendência de alta para o mercado interno, seguindo NY na volta do feriado.

Contra tudo temos vacina

Dia promete ser de mais recuperação da Bovespa, dólar fraco e juros em queda.