Uma cabeça tucana – pero no mucho

A percepção da população brasileira a respeito da prisão de Lula é clara: foi uma perseguição...

A percepção da população brasileira a respeito da prisão de Lula é clara: foi uma perseguição política. Até mesmo nas redes, brincadeiras ou ironias contra o ex-presidente não prosperam. Demorou um fim de semana, mas grandes meios de comunicação começaram a agir para tentar mudar este quadro. Até manchetes iguais foram publicadas em dois jornalões. Não parece restar alternativa: vão ter que entregar um tucano.

Para mostrar que a justiça é imparcial, foi escalado Aécio Neves. A prisão de Paulo Preto, operador tucano muito ligado a José Serra, não serve. Primeiro, porque ele é pouco conhecido; segundo, porque pode atingir Alckmin – este, agora, sem foro privilegiado.

A cabeça de Aécio, portanto, está na bandeja. Mas nada muito radical. Mantendo seu mandato, poderá buscar abrigo em uma (improvável) reeleição ou em uma cadeira na Câmara. Uma prisão, portanto, fica tão distante quanto a do ex-senador Eduardo Azeredo – outro que pode aparecer como contrapeso à perseguição à esquerda. Mas, como pouca gente se lembra de Azeredo, uma punição mais severa pode significar um sacrifício inútil.

 

Recalcitrante

O TCU determinou que o Banco Central transfira, em 30 dias, à Conta Única do Tesouro Nacional, os recursos disponíveis na Reserva para o Desenvolvimento Institucional do Banco Central (Redi-BC). Uma auditoria analisou se o BC havia cumprindo ordem semelhante proferida no acórdão 1.448/2012.

Nas justificativas enviadas ao TCU, o Banco Central declarou que a Corte não havia especificado prazo para a devolução dos valores, que em 2013 ultrapassavam a R$ 1,190 bilhão. O Tribunal também mandou que o BC adote medidas para que os recursos da Redi-BC que venham a ser recebidos ou recuperados sejam transferidos diretamente à Conta Única do Tesouro Nacional.

 

Vice

Bolsonaro mereceu ironias na rede por conta de uma foto sua com a camisa do Vasco, time carioca ao qual se atribui a pecha de ser o rei dos vice-campeonatos (o que não é verdade, pois este “título” é do Flamengo, mas isto é outra história…). O Vasco foi derrotado neste domingo pelo Botafogo, terminando como vice-campeão.

O deputado, porém, é botafoguense. Acontece que, em 2016, foi ao Maracanã com a camisa do rival, pois a vitória vascaína beneficiaria o Botafogo. Aproveitou para capitalizar o que seria uma suposta ovação pela torcida do Vasco, com vídeos no YouTube – nos quais, porém, não se consegue mostrar que os aplausos são para Bolsonaro, pois a torcida está, na realidade, virada para o campo, oposto ao deputado.

O resultado é que nesta segunda-feira, varreu as redes uma foto daquela ocasião e a pergunta: “Uai? A campanha agora é para vice-presidente?”

 

Expansão

Dois projetos de lei de iniciativa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Emprego e Inovação do Rio de Janeiro poderão garantir a empresas da indústria criativa, bares e restaurantes de área do Porto Maravilha isenção de IPTU e ITBI, além de redução de 5% para 2% de ISS. O objetivo da Prefeitura do Rio é atrair novos profissionais e coletivos e adensar os bairros da Gamboa e Santo Cristo.

 

Rápidas

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) instalou na sede da Associação dos Advogados (Aasp) – Rua Álvares Penteado, 151, Centro da capital paulista – um posto para cadastramento biométrico, transferência de título eleitoral e outros serviços. Funcionará até 30 de abril, das 13h às 17h45. Mais informações: www.aasp.org.br/biometria *** Zé Ramalho será o homenageado desta sexta-feira no projeto Shows de Sexta do Caxias Shopping (RJ), com show do cantor Paulo Ximenes *** Trazer o trabalho digital para a realidade dos negócios é a proposta do curso Business Intelligence (BI) e métricas na prática, que será ministrado pelo especialista em marketing Gabriel Rossi, neste sábado, na sede da ESPM. Inscrições pelo site: http://www2.espm.br/cursos/espm-sao-paulo/business-intelligence-bi-e-metricas-na-pratica-laboratorio-intensivo *** A Fiesp discute como a alta velocidade na transmissão de dados deve revolucionar o ambiente tecnológico, com as redes de quinta geração (5G), nesta quinta-feira, das 9h às 12h30 *** A Unisuam recebe, na próxima sexta-feira, às 12h, o empreendedor John Paul DeJoria, fundador da linha de produtos para cabelos Paul Mitchell, para palestra sobre empreendedorismo social. O evento é gratuito e acontece na Av. Paris, 84.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Guedes esperava muito da educação

Setor educacional prometeu, mas ainda não cumpriu.

Petrobras também foi ao mercado em Londres

Estatal criou subsidiária na década de 80 para atuar nas Bolsas.

Petroleiras ganham dinheiro no mercado, não com produção

Desde a década de 1980, companhias viraram empresas financeiras.

Últimas Notícias

Câmara rejeita ‘PL antiterrorismo’

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira a urgência para votar o Projeto de Lei (1595/19) que cria uma polícia política que permite ao...

Programa AceleraD’Or de Mentoria entra em fase decisiva

Em fase decisiva para a escolha das 10 empresas participantes do projeto, o Programa AceleraD’Or de Mentoria, patrocinado pela D’Or Consultoria, teve repercussão positiva...

Aconseg-RJ mostra um 2022 promissor para as assessorias

Em reportagem especial da edição, os executivos confirmam a rápida resposta do setor e sua adequação aos tempos de desafios que foram superados com...

Inovação em Seguros concederá NFTs a vencedores

Uma das novidades do Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, promovido pela Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), será a concessão...

Anbima projeta taxa de juros em 11,75% em 2022

A taxa de juros deve voltar a dois dígitos no início do próximo ano e chegar em 11,75% no mês de maio, de acordo...