Uma semana de especulações

A semana começa com o aumento na expectativa do julgamento do presidente Lula pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região,...

A semana começa com o aumento na expectativa do julgamento do presidente Lula pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, quinta-feira. Há até consultorias no mercado aproveitando para emplacar palestras sobre como ficará seu dinheiro dependendo da decisão dos desembargadores do TRF4. Tolice. O julgamento já está, como gosta o setor financeiro, “precificado”. Uma especulação na véspera, outra depois, nada que vá mudar o rumo de 2018. Até porque, a chance de o rato parir uma montanha é grande. Mudança, mesmo, seria se os julgadores reformassem a sentença do juiz federal de primeira instância Sérgio Moro por três votos a zero. Possibilidade remota, mas que aprofundaria a curva de baixa de Moro e reforçaria a candidatura de Lula.

O mais provável é que a decisão do TRF4 nada decida. Recursos serão impetrados, o tempo passará e a tentativa de impedir o ex-presidente de ser candidato ficaria para um lance mais adiante. Claro que a pressão para barrar Lula é grande. Mas fazer um mártir, a essa altura do campeonato, não parece ser a alternativa dos setores conservadores.

 

Atraso

Passaram-se quase quatro anos desde que a filha adotiva de Woody Allen publicou carta no The New York Times na qual acusou o diretor de abuso sexual. Não foi, portanto, por falta de iniciativa da suposta vítima ou de publicidade que o caso deu em nada e tudo continuou como antes.

Agora, em que denúncias do tipo pululam na mídia, os atores do último (ou mais recente) filme de Allen se mostram chocados, doam seus cachês ao movimento Time’s Up e se somam às vozes críticas ao abuso sexual.

Moda? Movimento de manada? Sensação de dever cumprido (com certo atraso)? Atuação para aparecer bem na mídia? Arrependimento sincero? Marquem suas opções.

 

Silêncio explosivo

A Petrobras cedeu à pressão do governo contra os abusivos aumentos do gás de cozinha (GLP). Onde estão os lobistas, lobistas-consultores e lobistas-profesores que tanto criticavam a interferência da equipe de Dilma Rousseff nos preços dos combustíveis?

 

Não dá para reclamar da fila

Estudo da FGV DAPP aponta que procura por vacinação no Rio de Janeiro foi baixa após ciclo da doença no início de 2017. A proteção de rotina, aquela em que está constantemente nos postos de saúde das cidades, não foi tão procurada pela população fluminense. Os municípios do Rio de Janeiro, Itaperuna e Petrópolis tiveram, em números absolutos, maior procura pela vacinação de rotina durante o período de janeiro a março do ano passado, sofrendo em abril uma queda significativa.

Passado o surto, governos e cidadãos foram cuidar da vida e deixaram a vacinação para novo período de emergência.

 

Janeiro verde

Janeiro é o mês de conscientização sobre o câncer do colo do útero. Cerca de 75% das brasileiras sexualmente ativas entrarão em contato com o HPV ao longo da vida, e, após o contágio, ao menos 5% delas desenvolverá câncer de colo do útero em um prazo de dois a dez anos.

Nove em cada dez mulheres acometidas com câncer de colo do útero têm o vírus HPV”, afirma Daniel Gimenes, oncologista do Centro Paulista de Oncologia (CPO), do Grupo Oncoclínicas. Este tipo de câncer é considerado a quarta maior causa de morte entre as mulheres no Brasil.

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o tumor de colo do útero atinge 16 mil brasileiras por ano. A doença é silenciosa e, por isso, em cerca de 35% dos casos acaba levando à morte.

 

Twitter

Lembrança feita no clipping diário distribuído pela fundação Perseu Abramo, do PT, sobre notícia em que o juiz federal Marcelo Bretas critica o senador petista Lindbergh Farias por supostamente incitar a violência: “Parece contraditório que um juiz que posa em fotos publicadas em sua própria rede social segurando um fuzil possa criticar senadores por incitarem a violência.”

 

Rápidas

A partir desta segunda-feira, a Immi Canada começa a transmitir dois vídeos ao vivo semanais em sua página no Facebook sobre os processos de vistos e residência permanente para os interessados em imigrar para o Canadá, às 15h, também às quintas-feiras, em https://www.facebook.com/immigratenow/ *** Quem deixou o Brasil definitivamente ou em caráter temporário em 2017 – por qualquer razão que seja, como trabalho ou estudo – deve informar sua saída à Receita Federal até 28 de fevereiro de 2018 *** O Shopping Grande Rio escalou o Circuito Time Brasil para as férias, com diversas ações educativas e recreativas ligadas à prática esportiva.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

TCU confirma que União paga R$ 3,8 bi de juros e amortização por dia

Mais de ¼ dos títulos da dívida pública vencem em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Automação das matrículas acelera com o uso de biometria facial

Cresce procura por soluções tecnológicas de Reconhecimento Ótico de Caracteres para operações como cadastro dos alunos nos sistemas escolares

Mercado ainda digere Fomc e MP da Eletrobras passa no Senado

O Ibovespa fechou em queda de 0,93%, na esteira dos receios globais e das discussões envolvendo a MP.

Relator vota contra autonomia do BC, mas vista adia julgamento no STF

Lewandowski vota por derrubar a lei, sancionada em fevereiro, que dá autonomia ao BC, mas pedido de vista de Barroso interrompe julgamento.

Abbas recebe credenciais de embaixador brasileiro

Diplomata Alessandro Candeas entregou nesta semana suas credenciais ao presidente da Palestina, Mahmoud Abbas.

Fretes do NE para o Sul têm maior risco de roubo e acidente

Estudo apontou que de 2018 a 2020, que 76% dos sinistros de cargas tiveram origem em acidentes e 24% foram relacionados a roubo.