União Química abrirá centro de distribuição no RJ

O Estado do Rio de Janeiro ganhará uma unidade da farmacêutica União Química, no município de Itatiaia, no Sul Fluminense. O anúncio foi feito nesta quinta-feira durante visita do governador Cláudio Castro à sede da empresa, em Guarulhos (SP). Com 5 mil metros quadrados, a central de distribuição começa a funcionar no início de dezembro, gerando mais de 200 empregos diretos.

“Essa é mais uma grande empresa que aposta no Estado do Rio nesse momento de retomada. Isso significa mais investimento e também mais qualidade de vida para a população, com a geração de empregos. A chegada da União Química, que é uma das maiores empresas do Brasil, demonstra que estamos no caminho certo”, afirmou o governador Cláudio Castro, que foi acompanhado na visita pelos secretários da Casa Civil, Nicola Miccione, e de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Vinícius Farah.

Com um investimento de R$ 100 milhões no primeiro ano, a nova unidade logística em Itatiaia será responsável por 15% das operações da empresa no Brasil. Depois que a central de distribuição entrar em operação, a União Química espera entregar seus produtos no estado no mesmo dia do pedido ou em no máximo 24 horas.

“Com esses investimentos que o Estado tem feito, voltamos a ter confiança no Rio de Janeiro, que se tornou outra vez a porta de entrada do país. É, novamente, a vez do Rio. Por isso, nós e outras empresas do Brasil e de fora estão chegando ao estado”, disse Fernando de Castro, presidente da União Química.

Há 80 anos no mercado farmacêutico, a União Química, empresa que acredita na retomada do mercado fluminense, atua em diversos segmentos, atendendo hospitais públicos e privados, farmácias e consultórios. A empresa possui cinco unidades de negócio (Agener, Farma, Genom, Hospital e Terceirização) e oito unidades fabris em São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal, além de um parque focado em biotecnologia nos Estados Unidos.

Nos últimos meses, grandes corporações anunciaram a abertura de unidades no Estado do Rio de Janeiro, entre elas a gigante de tecnologia Amazon, a BRF – uma das líderes mundiais no ramo alimentício – e o grupo varejista Magazine Luiza.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

SuperaRJ chega a R$ 200 milhões em recursos liberados pela AgeRio

Foram liberados cerca de R$ 57 milhões em recursos para MEIs, autônomos e informais.

Maricá ganhará parque industrial e Terminal de Ponta Negra

Iniciativa vai gerar desenvolvimento e oportunidades de emprego a partir do gás natural.

Últimas Notícias

Cresce mercado de investimento em ações da China

O investimento em ações na China apresentou crescimento este ano, uma vez que o volume de fundos levantados e o investimento registraram um crescimento...

CVM alerta: Atuação irregular de Business Bank BNI Investiments S.A

A Comissão de Valores Mobiliários está alertando ao mercado de capitais e ao público em geral sobre a atuação irregular de Business Bank BNI...

Usina TermoCamaçari ficará com a Unigel até 2030

A Petrobras, em continuidade ao comunicado divulgado em 11/05/2021, informa que, após a retomada das negociações com a Proquigel Química S.A., subsidiária da Unigel...

STF é questionado sobre inconstitucionalidade de privatizações

O coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar, defendeu nesta segunda-feira, em audiência pública na Câmara dos Deputados, que o Supremo Tribunal...

Mais um Fiagro na listagem da B3

Ocorreu nesta segunda-feira o toque de campainha que marcou o início de negociação do terceiro Fiagro na B3, o JGP Crédito FI Agro Imobiliário. As...