União Química abrirá centro de distribuição no RJ

O Estado do Rio de Janeiro ganhará uma unidade da farmacêutica União Química, no município de Itatiaia, no Sul Fluminense. O anúncio foi feito nesta quinta-feira durante visita do governador Cláudio Castro à sede da empresa, em Guarulhos (SP). Com 5 mil metros quadrados, a central de distribuição começa a funcionar no início de dezembro, gerando mais de 200 empregos diretos.

“Essa é mais uma grande empresa que aposta no Estado do Rio nesse momento de retomada. Isso significa mais investimento e também mais qualidade de vida para a população, com a geração de empregos. A chegada da União Química, que é uma das maiores empresas do Brasil, demonstra que estamos no caminho certo”, afirmou o governador Cláudio Castro, que foi acompanhado na visita pelos secretários da Casa Civil, Nicola Miccione, e de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Vinícius Farah.

Com um investimento de R$ 100 milhões no primeiro ano, a nova unidade logística em Itatiaia será responsável por 15% das operações da empresa no Brasil. Depois que a central de distribuição entrar em operação, a União Química espera entregar seus produtos no estado no mesmo dia do pedido ou em no máximo 24 horas.

“Com esses investimentos que o Estado tem feito, voltamos a ter confiança no Rio de Janeiro, que se tornou outra vez a porta de entrada do país. É, novamente, a vez do Rio. Por isso, nós e outras empresas do Brasil e de fora estão chegando ao estado”, disse Fernando de Castro, presidente da União Química.

Há 80 anos no mercado farmacêutico, a União Química, empresa que acredita na retomada do mercado fluminense, atua em diversos segmentos, atendendo hospitais públicos e privados, farmácias e consultórios. A empresa possui cinco unidades de negócio (Agener, Farma, Genom, Hospital e Terceirização) e oito unidades fabris em São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal, além de um parque focado em biotecnologia nos Estados Unidos.

Nos últimos meses, grandes corporações anunciaram a abertura de unidades no Estado do Rio de Janeiro, entre elas a gigante de tecnologia Amazon, a BRF – uma das líderes mundiais no ramo alimentício – e o grupo varejista Magazine Luiza.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Comissão de acompanhamento do Supera RJ prorrogada por 90 dias

Programa disponibilizou R$ 580 milhões em auxílio emergencial e linha de crédito em março.

Centro do Rio ganha a ‘Praça do Cooperativismo’

Largo fica nas esquinas da Rua da Assembleia e da Avenida Presidente Antônio Carlos.

Abrati e Rodoviário do Rio realizam ações no maio Amarelo

Promovem Dia D de mobilização para um trânsito mais seguro nas estradas.

Últimas Notícias

Criação de mais um monopólio privado regional

Recurso de petroleiros contra decisão do Cade sobre venda da Reman

Restrição do Fed pode impulsionar a saída de capital dos países da AL

Sinalizou uma política monetária mais restritiva em meio às expectativas de inflações mais altas

Setores fortemente impactados com a pandemia reagem na Bolsa

Alta é influenciada pelo anúncio da reabertura gradual da China

China está confiante na recuperação econômica

Produção de carvão bruto, petróleo bruto e gás natural aumentou 10,7%, 4% e 4,7%, respectivamente, ano a ano

B3 lança fundo para investir em startups

Nova frente nasce com capital de R$ 600 milhões