União Química abrirá centro de distribuição no RJ

O Estado do Rio de Janeiro ganhará uma unidade da farmacêutica União Química, no município de Itatiaia, no Sul Fluminense. O anúncio foi feito nesta quinta-feira durante visita do governador Cláudio Castro à sede da empresa, em Guarulhos (SP). Com 5 mil metros quadrados, a central de distribuição começa a funcionar no início de dezembro, gerando mais de 200 empregos diretos.

“Essa é mais uma grande empresa que aposta no Estado do Rio nesse momento de retomada. Isso significa mais investimento e também mais qualidade de vida para a população, com a geração de empregos. A chegada da União Química, que é uma das maiores empresas do Brasil, demonstra que estamos no caminho certo”, afirmou o governador Cláudio Castro, que foi acompanhado na visita pelos secretários da Casa Civil, Nicola Miccione, e de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Vinícius Farah.

Com um investimento de R$ 100 milhões no primeiro ano, a nova unidade logística em Itatiaia será responsável por 15% das operações da empresa no Brasil. Depois que a central de distribuição entrar em operação, a União Química espera entregar seus produtos no estado no mesmo dia do pedido ou em no máximo 24 horas.

“Com esses investimentos que o Estado tem feito, voltamos a ter confiança no Rio de Janeiro, que se tornou outra vez a porta de entrada do país. É, novamente, a vez do Rio. Por isso, nós e outras empresas do Brasil e de fora estão chegando ao estado”, disse Fernando de Castro, presidente da União Química.

Há 80 anos no mercado farmacêutico, a União Química, empresa que acredita na retomada do mercado fluminense, atua em diversos segmentos, atendendo hospitais públicos e privados, farmácias e consultórios. A empresa possui cinco unidades de negócio (Agener, Farma, Genom, Hospital e Terceirização) e oito unidades fabris em São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal, além de um parque focado em biotecnologia nos Estados Unidos.

Nos últimos meses, grandes corporações anunciaram a abertura de unidades no Estado do Rio de Janeiro, entre elas a gigante de tecnologia Amazon, a BRF – uma das líderes mundiais no ramo alimentício – e o grupo varejista Magazine Luiza.

1 COMENTÁRIO

Deixe um comentário para Edersou Souza Cancelar resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Rio restabelece parte dos serviços hackeados

Sistemas fazendários continuam fora do ar.

Bares e restaurantes tiveram o maior faturamento do ano em julho

Segundo associação do setor, 32% dos estabelecimentos operaram com lucro no período, enquanto 41% tiveram equilíbrio.

Câmara do Rio cassa mandato de Gabriel Monteiro

Vereador foi julgado por quebra de decoro parlamentar.

Últimas Notícias

Produtos verdes e inteligentes são destaques na Expo da Rota da Seda

Uma variedade de produtos verdes e produtos inteligentes estão em exibição na Sexta Exposição Internacional da Rota da Seda em Xi'an,na China.

Delta do Rio Yangtzé impulsiona integração por meio de digitalização

O Delta do Rio Yangtzé da China, um dos centros econômicos do país, está acelerando a sua transformação digital e fazendo novos progressos com base nas redes 5G.

Fux suspende decisão que tornava Eduardo Cunha elegível

Com isso, ex-presidente da Câmara não poderá se candidatar.

Em um ano, Brasil perdeu 1,2 milhão de empresas

Entre abril de 2021 e o de 2022, Ltdas. e S/As foram as que mais fecharam; MEIs, apesar da proliferação, caíram 7,2% no período.

Rio restabelece parte dos serviços hackeados

Sistemas fazendários continuam fora do ar.