Unidos venceremos

A unificação do recolhimento dos tributos federais, estaduais e municipais foi a opção preferida por 44,13% dos internautas que participaram de enquete no site do Sebrae como a principal medida que deveria ser adotada para reduzir a burocracia e estimular o desenvolvimento das micro e pequenas empresas. O tema faz parte da proposta de Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas que o órgão deve encaminhar ao governo.
Entre as alternativas estavam também a simplificação das normas para abrir uma empresa, que recebeu 29,89% dos votos; mais facilidade de acesso a crédito e demais serviços financeiros, com 23,46%; e a fixação de uma cota especial para o segmento nas compras governamentais, com 2,51%. A enquete ficou no ar por dois meses.

Defesa
Hoje, às 10 horas, o general do Exército Leônidas Pires Gonçalves e o almirante de Esquadra Mário César Flores participarão do seminário A Conjuntura Mundial e os Fundamentos do Poder do Estado. Eles farão palestra sobre os temas “Defesa Nacional – Reflexões estratégicas” e “O Brasil diante dos desafios internacionais em matéria de segurança e defesa”. Exército, Marinha e principalmente a Aeronáutica devem estar otimistas após a regulamentação – finalmente da Lei do Abate, mesmo com a necessidade de obter autorização do presidente da República quando for necessário derrubar avião não autorizado voando sobre território brasileiro. O seminário será no Centro de Estudos Sociais e Econômicos, durante reunião do Conselho Empresarial de Assuntos Estratégicos da Associação Comercial do Rio de Janeiro, presidido pelo general Rubens Bayma Denys. A ACRJ fica na Rua da Candelária, 9 (Subsolo).

Consciente
O Brasil tem modesta participação de 1% no comércio mundial. No setor madeireiro, este número atinge 2%, mas tem grande potencial, desde que a produção tenha o certificado FSC, que garante normas de padrão social e ambiental. A Indústria de Madeiras Butzke, de Timbó (SC), que detém o selo FSC, está comemorando um crescimento de 55% nas exportações de seus móveis produzidos com eucalipto no primeiro semestre de 2004, em relação ao mesmo período no ano passado. As exportações subiram de US$ 2,6 milhões para US$ 4,08 milhões. Em volume, o incremento foi de 20 para 30 contêineres por mês. Em julho, as vendas superaram em quase três vezes a previsão inicial.

À porta da caserna
Os servidores civis dos Comandos Militares (Marinha, Exército e Aeronáutica) sediados no Rio fazem, amanhã, paralisação de advertência, seguida de passeata pelo Centro da cidade. Eles exigem um Plano de Carreira Estruturado para todos e enquadramento funcional dos especialistas do Comando da Marinha.

Uns e outros
Lula disse ontem que o Estado brasileiro não pode resolver todos os problemas do país. Faltou o complemento: quais problemas o Estado consegue solucionar? Do Descobrimento até agora, com raras exceções, o andar de cima não pode se queixar dos governantes e das benesses que teve.

Campeões
Nada menos do que 7.508 vagas em cursos de iniciação profissional estarão à disposição de jovens com mais de 16 anos durante a Olimpíada do Conhecimento 2004, que será realizada no Pavilhão do Expominas, em Belo Horizonte, de 5 a 10 de agosto. Serão oferecidos 34 cursos, que vão de pneumática básica a turismo e hotelaria, passando por informática, padaria e confecção de bijuterias. Os interessados podem se inscrever pelo telefone 0800-309002. A Olimpíada do Conhecimento é uma competição que reúne os alunos do Senai, selecionados nas etapas escolar e estadual, para definir os melhores do país em 34 modalidades. Os medalhistas de ouro irão representar o Brasil na etapa internacional que vai acontecer em Helsinque, na Finlândia, em 2005.

Premiê
O PT não deseja a independência do Banco Central, mas o ministro Antonio Palocci diz que no máximo em 2005 a autonomia será aprovada. O presidente Lula afirma que vai estudar a questão dos atrasados na Previdência para evitar novo aumento de taxação, mas vem novamente Palocci e diz que a contribuição aumentará e pronto. Afinal, quando foi restaurado o parlamentarismo no Brasil?

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Verdinhas”
Próximo artigoAcelera

Artigos Relacionados

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento.

Taxa sobre exportação de petróleo renderia R$ 38 bi

Imposto aumentaria participação do Estado nos resultados do pré-sal.

Últimas Notícias

Fundos de investimento poderão atuar como formadores de mercado na B3

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os fundos de investimento a atuarem como formadores de mercado na B3, a bolsa do Brasil. A...

ABBC: Selic deve subir 1,50 ponto percentual

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reúne na próxima terça-feira (7) para decidir sobre a nova Selic, a taxa básica...

Ibovespa fecha a semana em alta

(alta de 0,013%). O volume representou uma extensão do movimento positivo registrado na quinta-feira (2), quando o índice fechou com forte alta de 3,66%,...

China: Incentivos fiscais para investidores estrangeiros

A China anunciou que estendeu suas políticas fiscais preferenciais para investidores estrangeiros que investem no mercado de títulos da parte continental do país. A...

Brasileiro teria renda 6 vezes maior com indústria forte

Entre 1950–70, PIB do País foi multiplicado por 10.