Uso de lockers pelo paulistano aumenta 30%

Já são quase 80 armários em áreas de grande circulação na capital.

Os primeiros armários inteligentes/lockers instalados em áreas de grande circulação da capital paulista chegaram antes da pandemia, mas foi com o crescimento vertiginoso do comércio eletrônico que eles se fizeram realmente necessários para a parcela da população que enfrenta restrições para receber encomendas em casa – seja por problemas com o CEP ou por morar em prédios sem porteiros e trabalhar fora o dia todo.
Agora, em expansão acelerada na capital paulista, os lockers começam a integrar as estatísticas do varejo.
Até o dia 17 de setembro, ainda com o Mês do Cliente e a Semana Brasil finalizada, as máquinas da empresa Clique Retire entregaram 30% mais produtos do que no mesmo período de 2020, mesmo com a volta gradual do consumidor ao varejo físico. Isto porque quanto mais pessoas circulam, mais tomam contato com os lockers no caminho para o trabalho ou de volta para casa, fortalecendo um hábito que há pelo menos uma década já faz parte do cotidiano de países na Europa, Reino Unido, Estados Unidos e Ásia.
A expectativa da Clique é de que, com as promoções estendidas até o fim de setembro, o crescimento do Mês do Cliente continue e retorne na próxima data (mais forte ainda) para o varejo eletrônico: a Black Friday.

Estação da Luz

Um bom indicador de que São Paulo segue na esteira das grandes metrópoles quando o assunto é modernização logística é a chegada do segundo armário inteligente na icônica Estação da Luz, local por onde circulam, nos dias úteis, uma média de 250 mil passageiros.
O fato de o equipamento pertencer aos Correios – que aderiu à tecnologia de ponta para acelerar as entregas e oferecer mais conforto aos seus clientes – é outro sinal de que o serviço, considerado de utilidade pública, veio para ficar na vida do consumidor paulistano. Os Correios têm, até agora, outros dois terminais de autoatendimento em funcionamento no metrô de São Paulo, nas linhas 4 e 5 (Amarela e Lilás), nas estações Pinheiros e Butantã, todos fornecidos pela empresa Clique Retire, que também tem locker próprio na Estação da Luz.
A Clique ainda opera seus armários próprios em 19 estações das linhas 4 e 5, e é a fornecedora de lockers para as Lojas Americanas, que também instalou uma máquina de uso exclusivo na estação Pinheiros. Apenas da Clique Retire e na cidade de São Paulo, há um total de 76 smart lockers em uso pela população, instalados em postos de combustíveis, shoppings, condomínios residenciais e corporativos.
“Os armários são de extrema utilidade o ano todo, principalmente para quem tem restrições de entrega em casa, mas, nas datas do varejo, eles têm um papel cada vez mais importante. Ao mesmo tempo em que democratizam a logística, beneficiando um consumidor que não conseguia receber sua encomenda de forma fácil e segura, ajudam a escoar as altas sazonais do comércio eletrônico, impactando até o trânsito da cidade. Em vez de fazer 50 entregas porta-a-porta, por exemplo, uma empresa deposita as mercadorias em um ponto, apenas, e a Clique Retire distribui entre sua rede”, destaca o Head de Marketing e Novos Negócios da empresa, Ernesto Barbosa.

Como funciona

1- Quando o site de compras já oferece o “Retire em locker”:
Quando o site de compras tem a opção “Retire em Locker” e oferece a rede da Clique Retire ao consumidor, basta escolher o endereço (estações de metrô, shoppings, postos de combustível). Muitas marcas entregam em locker com frete grátis. Assim que o produto chega, o site envia um aviso por SMS e o prazo para retirada é de 72 horas. É só se dirigir ao locker escolhido, posicionar o QR Code para abrir o compartimento (ou digitar um código) e a gaveta se abre para retirada da encomenda. Sem contato humano.
2 – Quando o consumidor precisa usar o armário e compra em sites sem a opção do locker, OU internacionais:
O usuário se registra no aplicativo (disponível para Android e iOS) ou site da Clique Retire (www.cliqueretire.com.br) e opta por um plano mensal ou anual Ao realizar a compra na internet, basta colocar o código do seu terminal Clique Retire ao lado do próprio nome, e o endereço: Rua Charles Darwin, 470 – Vila Santa Catarina, São Paulo – SP – 04379-074. Quando o produto chega, a Clique Retire envia um aviso por SMS e o prazo para retirada é de 72 horas. A maior gaveta dos terminais da Clique acomoda produtos com tamanho equivalente a uma caixa de microondas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Geração de energia solar traz R$ 35,6 bi de investimentos ao país

Potência nos telhados e terrenos com sistemas fotovoltaicos equivale a metade da capacidade de Itaipu.

Ciência: entidades pedem liberação de recursos

Organizações questionam redirecionamento para outras áreas de R$ 515 milhões, que eram do CNPq.

Rating da EDP BR não muda com aquisição da Celg-T

Para a Fitch Ratings, a qualidade de crédito da EDP Energias do Brasil S.A. (EDP BR, Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA (bra)’, Perspectiva...

Últimas Notícias

Crédito consignado: aumenta número de reclamações de cobrança indevida

O crédito consignado não solicitado por clientes está no topo das reclamações de consumidores. Em relação aos registros, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon),...

Geração de energia solar traz R$ 35,6 bi de investimentos ao país

Potência nos telhados e terrenos com sistemas fotovoltaicos equivale a metade da capacidade de Itaipu.

Direito de controle sobre funcionários que trabalham de casa

Por Leonardo Jubilut.

Rio Indústria apoia lei que desburocratiza e facilita novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...