25.6 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, janeiro 20, 2021

Vale remunera acionistas em US$ 1,65 bilhão

A Companhia Vale do Rio Doce propôs aos acionistas da companhia a remuneração de US$ 1,65 bilhão em 2007, quantia que será dividida em duas parcelas iguais a serem pagas em abril e outubro. A proposta, que representa uma remuneração equivalente a US$ 0,6828 por ação ordinária ou preferencial em circulação, ainda será submetida ao conselho de administração da companhia.
O valor proposto é 27% superior à quantia paga em 2006, de US$ 1,3 bilhão, e representa um aumento de 77,6% sobre a remuneração média anual dos últimos cinco anos. A Vale informou ainda que durante o período 2001 a 2006, o retorno total para os investidores da empresa foi de 42,7% ao ano.
“Ao mesmo tempo, [esse valor] é consistente com as diretrizes da política financeira da Vale que prevêem a preservação de um balanço saudável e, mais especificamente, de um nível de alavancagem indicativo de endividamento de baixo risco”, divulgou em nota a companhia.

Artigo anteriorAmigos, amigos…
Próximo artigoTantantan…
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Exportações de suco de laranja recuam 23% entre julho e dezembro

Safra menor e estoques mais elevados estão entre as principais razões para a baixa.

Os desafios para Joe Biden nos EUA

Avanço da Covid-19 pode fazer com que democrata e equipe tenham que apagar alguns incêndios no começo do mandato.

Mercados sobem em véspera do Copom

Campos Neto, presidente do BC, participa da primeira sessão da reunião do Copom.

Mercados locais sobem seguindo Bolsas mundiais

Dia amanhece com tendência de alta para o mercado interno, seguindo NY na volta do feriado.

Contra tudo temos vacina

Dia promete ser de mais recuperação da Bovespa, dólar fraco e juros em queda.