Valor do petróleo sobe mais de 1%

Perspectivas de que os EUA se aproximavam de um acordo para um pacote de estímulos,

Conjuntura / 23:48 - 20 de out de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Os preços do petróleo atingiram uma alta de mais de 1% nesta terça-feira, diante de perspectivas de que os Estados Unidos se aproximavam de um acordo para um pacote de estímulos, embora a ameaça à demanda representada pela crescente contagem de casos de coronavírus em todo o mundo e pelo aumento na produção da Líbia tenha limitado as altas.

Conforme a Reuters, o contrato novembro do petróleo dos Estados Unidos (WTI) fechou em alta de US$ 0,63, ou 1,54%, a US$ 41,46 por barril. O vencimento mais, para dezembro, terminou o dia cotado a US$ 41,70 dólares, US$ de 0,64 dólar. Já os contratos futuros do petróleo Brent avançaram US$ 0,54 dólar, ou 1,27%, para US$ 43,16 o barril.

Os investidores estão acompanhando de perto as negociações entre a presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, sobre um novo pacote de alívio relacionado ao coronavírus, destacou John Kilduff, sócio da Again Capital em Nova York. “Se tivermos um acordo, acho que será algo positivo, e se não tivermos um acordo, acho os preços serão punidos de alguma forma”, disse Kilduff.

As cotações do petróleo ganharam força após Pelosi afirmar que está otimista de que os democratas possam chegar a um acordo com a Casa Branca para que o pacote seja liberado no início do mês que vem.

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor