Varejo online da China faturou US$ 1,58 trilhão no ano passado

As vendas no varejo online de bens físicos da China ultrapassaram a marca de 10 trilhões de iuanes (US$ 1,58 trilhão) em todos os tempos no ano passado, para atingir 10,8 trilhões de iuanes, anunciou o Ministério do Comércio (MOC). Apenas em 2021, as vendas no varejo online atingiram 13,1 trilhões de iuanes, revelou o porta-voz do MOC, Gao Feng, em uma coletiva de imprensa.
As vendas no varejo online de bens físicos representaram 24,5% do total de vendas no varejo de bens de consumo e contribuíram com 23,6% do crescimento das vendas no varejo de bens de consumo em 2021, disse Gao. Ele acrescentou que o mercado em constante expansão se tornou uma força importante para manter o crescimento, o emprego e o consumo estáveis.
O mercado de consumo da China registrou uma tendência de atualização no ano passado, com produtos saudáveis, verdes e de alta qualidade cada vez mais preferidos pelos consumidores, salientou Gao.
Segundo a Agência Xinhua, os dados mostram que as vendas de dispositivos domésticos inteligentes aumentaram 90,5% ano a ano em 2021, e as vendas de vegetais orgânicos dispararam 127,6% ano a ano. O comércio eletrônico no setor de serviços apresentou crescimento robusto. As vendas de catering online aumentaram 30,1% ano a ano, um aumento anual de 27,9 pontos percentuais, de acordo com Gao.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Itália é o segundo país europeu que mais vende alimentos ao Brasil

Portugal lidera ranking; Brasil também tem nichos de mercado para alimentos da Jordânia.

Empresas chinesas pedem proteção da propriedade intelectual

49 companhias chinesas apresentaram 108 pedidos internacionais de desenhos industriais em 5 de maio

Economia dos Estados Unidos caminha para pouso forçado

Analista acredita que no final do ano Fed pode dar guinada para sustentar Bolsas.

Últimas Notícias

Itália é o segundo país europeu que mais vende alimentos ao Brasil

Portugal lidera ranking; Brasil também tem nichos de mercado para alimentos da Jordânia.

Cana: safra começa com qualidade e produtividade inferiores à anterior

Indicadores de qualidade e produtividade em abril são negativos, mas clima pode contribuir para a recuperação.

Ford anuncia venda da fábrica de Taubaté

No ano passado, montadora anunciou o fim de suas atividades no país.

Títulos chineses detidos por instituições estrangeiras diminuem

Instituições estrangeiras diminuíram suas participações em títulos interbancários chineses, segundo um relatório divulgado pela sede do Banco Popular da China em Shanghai.

Operações financeiras de Shanghai estão estáveis apesar da epidemia

O centro financeiro da China, Shanghai, conseguiu manter suas operações financeiras estáveis apesar do recente ressurgimento da COVID-19.