Vaza Jato comprova mão dos EUA na Lava Jato

As confissões de Rodrigo Janot, semana passada, acabaram ofuscando denúncias muito mais graves, feitas pela Vaza Jato, sobre a colaboração informal entre autoridades da Suíça e membros da força-tarefa da Lava Jato. O vazamento das mensagens corrobora prática já denunciada por esta coluna em relação à troca de informações entre o Departamento (Ministério) da Justiça dos Estados Unidos, o DoJ, e os procuradores brasileiros, irregularidade admitida pelos norte-americanos e pelo então procurador-geral Janot.

O que as mensagens da Vaza Jato revelam não é apenas mais uma atuação à margem da lei pelos integrantes da Lava Jato. Mostram que a operação foi em boa parte dirigida a partir de interesses de fora. A Suíça continua lavando mais branco e só toma atitudes mais rigorosas quando pressionada, ou por escândalos tipo o Swiss Leaks, ou, mais fortemente, pelos interesses contrariados dos EUA.

Assim, só ingênuos ignorariam que a revelação de informações de empreiteiras e corruptos brasileiros pela Suíça atende aos desejos norte-americanos. Como disse o engenheiro e consultor Osvaldo Nobre, em artigo de 2010, “os que estudam, minimamente, a questão do petróleo mundial sabem que a história da busca deste insumo não prima pela ética e, ao contrário, constitui-se um jogo pesado em que invasões, apropriações e assassinatos foram e são ainda eventos corriqueiros.” E mais: “Não se pode esquecer que dentre os interesses vitais dos EUA estão, entre outros, (…) evitar que países potencialmente hegemônicos se desenvolvam.”

 

Tecnologia e privatização

Ildo Sauer, Roberto D’Araujo, Luiz Pinguelli Rosa, Esther Dweck e Luiz Eduardo Duque Dutra debaterão “O Impacto Tecnológico da Privatização do Setor de Energia” nesta quarta-feira, na Coppe, Bloco G, sala 122 (Ilha do Fundão, RJ), a partir de 10h. A realização é da AdUFRJ.

 

Pequenas e grandes

A Questor, provedora de soluções tecnológicas voltadas à área de contabilidade fiscal, especialmente para pequenas e médias empresas, mira agora o mercado de grandes e médias organizações. Com isso, espera atingir faturamento de R$ 84 milhões em 2020.

 

Augusto ‘Signatário’ Aras

A Secretaria de Comunicação da Presidência da República convida para o evento “Cerimônia de Posse do Signatário no Cargo de Procurador-Geral da República”. Fica no ar a dúvida se “Signatário” é um posto da administração pública ou o nome do novo PGR.

A mensagem faz lembrar entrevista do jornalista Maurício Menezes na Arquidiocese do Rio de Janeiro. Ele foi apresentado a Adionel Carlos da Cunha. Sem saber o que perguntar, tascou: “O senhor é adionel há quanto tempo?” Sem entender, Adionel – o nome próprio do jornalista e assessor da Arquidiocese – respondeu: “Desde que nasci”.

A história é contada pelo próprio Maurício Menezes no impagável show Plantão de Notícias, que volta e meia está em cartaz, pode ser encontrado no YouTube e também virou livro, lançado no final do ano passado.

 

Papéis trocados

Como ficam os bolsominions, que pedem o impeachment de Gilmar Mendes, após o ministro do Supremo suspender processos contra Flávio “Queiroz” Bolsonaro? E como ficam os petistas e defensores do Lula Livre, agora que Lula não quer sair da prisão?

 

Rápidas

Neste sábado, acontece o “Seminário Cozinha do Amanhã”, no auditório do Museu do Amanhã. Inscrições até o dia 4 em sympla.com.br/seminario–cozinha-do-amanha__647540 *** Em outubro, o Sesc São Paulo realiza “Tecnologias e Artes em Rede: Tecnologias Negras”, que reúne artistas, cientistas, criadores, mestres populares e pesquisadores negros e negras. Programação em sescsp.org.br/avenidapaulista *** Luís Carlos de Carvalho Silva fará a palestra “Edith Stein e a organização do Estado”, no Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), no Centro do Rio, nesta quarta-feira. Após a exposição, haverá debate e o lançamento do livro Edith Stein – João da Cruz – Teologia e sociedade, de autoria de Carvalhio Silva. Mais informações em iabnacional.org.br *** Jornalista da Forbes norte-americana e autor do best-seller BI.LIO.NÁR.RIOS, Ricardo Geromel palestrará no SRE Preview 2019, nesta quinta, no Jockey Club. Ele falará sobre a Nova China *** Até sexta-feira acontece em São Paulo o XXIII Congresso Ibero-Americano de Direito e Informática (Cidi). Informações e inscrições: aasp.org.br

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Juntar 2 meses e meio de auxílio para comprar cesta básica

Não só a pandemia, mas inflação é ameaça às pretensões de Bolsonaro.

Se mirar Nordeste, Bolsonaro atingirá o próprio pé

Região tem menor média de casos e óbitos causados pela Covid.

Neodefensores do trabalhador ignoraram crise

Desemprego já era estratosférico em 2019, e apoiadores de Guedes nem ligavam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Campos marítimos do pós-sal estão em decadência

Os campos marítimos do pós-sal já produziram cerca de 16 bilhões de barris de óleo equivalente ao longo de sua história, ou seja, 63%...

Motoboys protestam em São Paulo

Entregadores tomaram ruas de São Paulo contra baixa remuneração e péssimas condições de trabalho

BC altera norma para segunda fase do open banking

Medida complementa regulamentação que estabelece requisitos técnicos de fase que vai permitir compartilhamento de dados e transações de clientes.

Confiança do consumidor medida por Michigan ficou abaixo do esperado

Índice registrou leitura de 86,5 na prévia de abril e o esperado era 89.

Escolha de conselheiros da ANPD preocupa por conflito de interesses

Entre os indicados há diretores e encarregados de dados pessoais de grandes empresas da internet.