Vazamento de dados atinge 98% da população do Equador

Falha mostra risco de o Brasil privatizar Serpro e Dataprev.

O Governo do Equador investiga o vazamento de dados na internet de 98% de sua população. Os 18 gigabytes incluem informações pessoais, dados bancários, tributários e previdenciários de cerca de 17 milhões de equatorianos.
O vazamento foi descoberto pela companhia israelense vpnMentor. Os dados estavam armazenados em uma nuvem gerenciada pela empresa Novaestrat, e que não estava devidamente segura.
A notícia mostra os riscos de privatização do Serpro e da Dataprev, como pretende o ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes. As duas empresas brasileiras são responsáveis pela guarda das informações de Imposto de Renda e previdenciárias, entre outros dados sensíveis.
A Novaestrat é uma empresa encarregada de desenvolver e implementar sistemas de inteligência para o mercado equatoriano, segundo a página na internet da empresa – que não estava no ar nesta segunda-feira. O acesso ao servidor hospedado na Amazon foi restringido após a intervenção da equipe de segurança cibernética de emergência no Equador, segundo informaram as agências de notícias.
Os dados de registro civil são vendidos a empresas privadas. Porém, as informações do Banco del Instituto Ecuatoriano de Seguridad Social (BIESS) não são comercializados e não deveriam estar disponíveis para a Novaestrat.
A ministra do Interior, María Paula Romo, afirmou que o governo trabalha em uma investigação que “permitirá nas próximas horas informar com clareza quem são os responsáveis pelo que aconteceu”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Setor de energia é um dos alvos preferidos de hackers

Mais de 60% de todos os ataques foram de phishing; organizações criminosas de hackers são ameaça às infraestruturas críticas do Brasil.

Brasil é líder entre países que mais enviam ameaças de extorsão

País, entretanto, avança 53 posições e ocupa 18º lugar em ranking mundial de cibersegurança.

Uso da internet avançou em áreas rurais na pandemia

CGI.br: conexões via fibra óptica são menos presentes nessas localidades; alta velocidade está presente em 663 municípios do Sudeste.

Últimas Notícias

Diminuem os homicídios, mas ainda há muito a se fazer

Por Dirceu Cardoso Gonçalves.

Ford Brasil: Centro global de exportação de serviços de engenharia

Projetos de ponta voltados ao futuro da mobilidade, como veículos elétricos, autônomos e conectados. 

Senado vai analisar vetos na Lei Aldir Blanc

Existe uma fila de 36 vetos aguardando votação dos senadores e deputados

Caixa: desconto de até 44% para regularizar penhor em atraso

As unidades com serviço de penhor disponível podem ser consultadas no site da Caixa

Índice de Preços ao Produtor (IPP) sobe 1,83% em maio

Das 24 atividades analisadas, 21 tiveram alta de preços