Verba

Anualmente, os Estados Unidos enviam US$ 1,3 bilhão às Forças Armadas do Egito. Será que camarada Obama utilizará este canal financeiro para exigir abertura política no país, ou para garantir a manutenção do poder com o Exército?

Força
Já com a Líbia, os Estados Unidos falaram grosso: vão romper relações com o país africano e não descartam mobilizar as Forças Armadas.

Alheios
Já outros países, como Bahrein e Tunísia, passam praticamente em branco, tanto nas ameaças norte-americanas, quanto na cobertura da mídia ocidental.

Suspenso
O processo de licitação para contratação de organizações sociais (OS) para a gestão das principais emergências dos hospitais do Município do Rio de Janeiro foi suspenso por liminar obtida pelo Conselho Regional de Medicina (Cremerj). A licitação seria realizada nesta sexta. O contrato tem base de cerca de R$ 168 milhões e é encarado como início da privatização da saúde municipal.

Mais prazo
Foi prorrogado para 31 de maio o prazo de entrega da declaração anual do Empreendedor Individual, que venceria nesta segunda-feira. Dos 809.844 empreendedores obrigados a prestar contas à Receita Federal, 359.391 ainda não enviaram o documento. A declaração é obrigatória para os profissionais que faturaram até R$ 36 mil em 2010. Os empreendedores individuais estão isentos do pagamento do imposto de renda, mas precisam prestar contas ao governo.

Fora do mercado
Apenas 20% das crianças brasileiras de 0 a 3 anos de idade têm acesso a creches no Brasil. A informação é da própria presidente Dilma Rousseff, ao responder a perguntar sobre o tema, na sua coluna “Palavra da Presidenta”, publicada em vários jornais brasileiros, entre os quais o MM. Dilma, que reconhece que o escasso número de vagas impede a maioria das mães de crianças dessa faixa de idade de contribuir para a renda familiar, prometeu viabilizar, até 2014, via PAC 2, a construção de 6 mil creches em todo o país, numa média de 1.500 unidades por ano.

Borbulhas carnavalescas
Esqueça o samba, suor e cerveja. No bloco Espumas e Paetês, que sai às ruas neste sábado, em Laranjeiras (Zona Sul do Rio), a bebida será o espumante. O bloco fechou parceria com a Sieur D”Arques, uma das maiores vinícolas francesas, que distribuirá uma taça do Limoux Saint Hilaire a todos os foliões que comprarem a camiseta oficial do evento, a R$ 25 (www.espumasepaetes.com.br).

Contra o Leão burocrata
A Confederação Nacional das Profissões Liberais (CNPL) obteve liminar na Justiça Federal, contra a Medida Provisória 507, que exige a “necessidade de apresentação de procuração pública para que terceiros possam praticar atos perante o órgão da administração pública os quais impliquem fornecimento de dados protegidos pelo sigilo fiscal perante a Receita Federal do Brasil”.

Que garantia?
Sem argumentos para justificar a não concessão de ganho real ao salário mínimo, o governo e o PT, em particular, se apegaram ao burocrático argumento da segurança jurídica para defender a fixação do mínimo em apenas R$ 545. No entanto, como a legislação aprovada pelo Congresso Nacional restringe a metodologia de reajuste do mínimo até 2014, último ano do governo de Dilma Rousseff, restam duas perguntas sem resposta: se o Congresso não aprovasse a proposta do governo, a presidente Dilma, contrariando todas as promessas de campanha, sustaria futuros ganhos reais para o piso? E qual a garantia de que a regra será mantida após 2014?

Artigo anteriorO petróleo é vosso?
Próximo artigoCristão novo
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Argentina fechará com China parceria do Cinturão e Rota

Iniciativa pode ser pontapé inicial para desenvolvimento e integração da América Latina.

G20 analisa aumentar taxação de corporações, mas…

Proposta tem que ser vantajosa para todos, não só para as sedes das multinacionais.

Botes salva-vidas para a classe A

No mundo de negócios, é tudo uma questão de preço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Castello Branco diz adeus à Petrobras

Assembleia de acionistas da estatal aprovou a destituição.

Alerj pede ao STF suspensão do pagamento de dívida na pandemia

Alerj estima que desde março de 2020, quando se iniciou a pandemia, o Estado do Rio já quitou R$ 1 bilhão em juros da dívida com a União.

Governo Bolsonaro tumultua e população vive drama para receber auxílio

Consórcio do Nordeste, formado por todos os governadores da região, defende que governo descentralize pagamento do benefício.

Indústria do cimento cresce 19% no 1º tri

Mau desempenho no primeiro trimestre de 2020, em razão das fortes chuvas e do início da pandemia, frente ao mesmo período de 2021, refletiram na alta do setor.

Metroviários de SP param por vacinas e lockdown

Greve de 24 horas pede medidas de prevenção contra Covid para trabalhadores do transporte público.