26.1 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Vereadoras repudiam deputado que assediou colega

Enquanto a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aguarda o final do recesso, em 1º de fevereiro, para o Conselho de Ética analisar o caso de assédio cometido pelo deputado estadual de Botucatu, Fernando Cury, contra a deputada Isa Penna, a Câmara Municipal de Campinas se manifestou contra o parlamentar.

Na cerimônia virtual dos 33 vereadores eleitos, que foi presidida por uma mulher, a vereadora Mariana Conti (PSOL), a mais votada em novembro, as quatro vereadoras eleitas assinaram uma nota de repúdio contra o deputado estadual Fernando Cury.

Na cerimônia de posse, Mariana Conti usou uma camiseta com a inscrição ‘Lute como uma mulher’. “É um momento que ficará registrado na história. E o que espero é que cada vez mais as mulheres participem da política. A Câmara deu um passo importante para a mudança e isso irá se refletir no desenvolvimento de políticas públicas que beneficiem as mulheres como o combate à violência, aos feminicídios, ao desemprego e garantias de acesso à creche, à saúde”, afirmou.

Já a Câmara de Botucatu, nas últimas sessões do ano passado, assim como na cerimônia de posse, não teve nenhum movimento em relação a atitude do deputado de Botucatu, Fernando Cury. O parlamentar, aliás, enviou mensagem no dia 1º de janeiro, tanto para os vereadores que eram empossados quanto ao prefeito Mário Pardini e seu vice, André Peres, parabenizando a todos.

Um vídeo gravado por uma câmera da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) mostrou o deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) passando a mão no seio da deputada estadual Isa Penna (PSOL) durante sessão extraordinária para votar o orçamento do estado na noite de quarta-feira, 16 de dezembro. O caso teve grande repercussão nacional. A deputada registrou boletim de ocorrência contra o deputado por importunação sexual.

 

Leia mais:

Sindicatos se unem contra casos de assédio sexual no McDonald’s

5 passos para empresa tratar uma denúncia de assédio moral

 

Artigos Relacionados

Twitter: Bolsonaro teve só 4% de menções positivas e 66% de negativas

Segundo pesquisa da Modalmais/AP Exata, para 37,2%, governo é ruim/péssimo.

Vetos na Lei de Recuperação Judicial e Falências

O alerta leva em consideração o fato de que entra em vigor neste domingo (24) a nova Lei de Recuperação Judicial e Falências (14.112/2020), que trata da recuperação judicial de empresas em dificuldades, além do parcelamento e do desconto para pagamento de dívidas tributárias e possibilita aos credores apresentar plano de recuperação dos devedores.

Demissão de Ernesto Araújo é pedida

Em live nesta quinta-feira elogiou a política externa brasileira, sob o comando do ministro Ernesto Araújo que, na realidade, está colocando o país mais isolado mundialmente, com seguidos ataques à China e o afastamento do país dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.