Verizon vende Yahoo e AOL por 60% do valor de compra

A Verizon vai vender o AOL e o Yahoo para o fundo de investimentos Apollo Global Management por US$ 5 bilhões. O anúncio foi feito nesta segunda-feira.
Pelos termos do acordo entre as empresas, A Verizon receberá da Apollo US$ 4,25 bilhões em dinheiro e US$ 750 milhões em ações preferenciais.
A Verizon manterá uma participação de 10% na nova entidade, que deve se chamar “Yahoo”, e o negócio será fechado inicialmente no segundo trimestre.
O Yahoo e o AOL, duas grandes empresas de internet dos anos 2000, foram adquiridas por cerca de US$ 9 bilhões pela Verizon. A AOL foi comprada da Time Warner por US$ 4,4 bilhões em 2015 e o Yahoo por US$ 4,8 bilhões em 2017.
A Verizon não conseguiu o lucro esperado e em 2018 registrou prejuízo de US$ 4,9 bilhões, dos quais US$ 4,6 bilhões apenas para este setor, no qual reduziu seus números.

Artigos Relacionados

Filmes Zana e Trópico Fantasma entram no catálogo da Supo Mungam Plus

Na rede social Letterboxd, focada em filmes, é possível seguir a plataforma através da conta Supo Mungam Plus ou no link: https://letterboxd.com/supomungamplus.

Espírito de Chá lança kits inspirados no Rio

Empresa montou kits com os blends Mar, Montanha, Floresta e Cidade.

Invólucro 100% vegano para os embutidos já é realidade

Frigozan lança tripa para fabricação de embutidos à base de vegetais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Estado do Rio registra 68,8 mil novos MEIs

Alimentação fora do lar foi o segmento com mais abertura de empresas, com 10,4 mil novos microempreendedores.

Volume de vendas do varejo restrito regrediu em março

'Recuo foi acima do esperado por nós (-3,4%) e pelo mercado (-5,1%)', diz Felipe Sichel.

Quase 80% não trabalham totalmente remoto na pandemia

Segundo levantamento sobre adaptação ao modelo de teletrabalho, 49,7% dos entrevistados estiveram na empresa semanalmente.

Tunísia pretende exportar 80 mil toneladas de frutas

País produz pêssegos, nectarinas, damasco, ameixa e estima aumento de 7% na safra de frutas em 2021; grandes importadores são Líbia, França e Itália.

Rio acaba com toque de recolher

Novas medidas têm validade até o dia 20 de maio; medidas podem ser revistas.