Violação na Câmara

A larga experiência como homem de júri não impediu que o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, cometesse emblemático ato falho durante seu depoimento na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ) dos Deputados. Ao se revelar o momento em que o sigilo do caseiro Francenildo Costa fora quebrado, Basto escorregou no inconsciente: “O caseiro havia violado…” Depois de breve silêncio, emendou: “Tinha tido o sigilo violado.”

Comando
Tudo indica que, na assembléia geral da Lightpar nesta segunda-feira, será eleito presidente da empresa Marcelo Lobo de Figueiredo, atual chefe do Departamento Jurídico da Eletobrás. O outro diretor deverá ser o alagoano Luís Manuel Claro Soares, ligado ao senador Renan Calheiros (PMDB). O atual presidente da Lightpar, Rogério Silva, deve voltar para São Paulo; o diretor Carlos Evandro provavelmente retorna ao cargo de assessor na Eletrobrás; e outro diretor, Márcio Siqueira, deve voltar a Juiz de Fora. Espera-se que não ganhem novamente, nesses retornos, auxílio-mudança, gratificação não prevista no estatuto da empresa.

Palestra
Pesquisa e Análise de Informações em Ambiente Legislativo é o tema da palestra que será proferida pelo consultor legislativo do parlamento norte-americano William Robinson nesta segunda-feira, de 14h às 18h, no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados. Robinson é especialista sênior de políticas públicas do Serviço de Análise e Pesquisa do Congresso dos EUA e tem experiência de dez anos na área de gestão orçamentária.

“Recall”
Finalmente depois de deixar seus clientes cerca de um mês sem controle sobre as chamadas efetuadas, a Vivo, quinta-feira, voltou a enviar mensagens restabelecendo o contato.

Ouro
Vários bancos centrais estão acumulando estoques de ouro, revela o boletim eletrônico Resenha Estratégia, editado pelo Movimento de Solidariedade Ibero-americana (MSIA). O Banco Central Europeu avisou, no final de março, que não pretende efetuar vendas do metal nos próximos seis meses. O ouro superou a barreira dos US$ 600, após derrubar um recorde que durava 25 anos, e ruma para os US$ 700. Outras commodities seguem o mesmo rumo: a prata atingiu os preços mais altos em 22 anos e a platina chegou à maior cotação da história. O cobre já subiu mais de 72% desde o início de 2005 e o zinco dobrou de preço no mesmo período.

Na avaliação do MSIA, preços de commodities em alta simultânea e acelerada significam que os investidores “estão procurando se refugiar em ativos reais, que representam uma alternativa segura aos potenciais efeitos catastróficos de uma quebra do cassino financeiro”.

Coerência
A convergência entre o anúncio de que o Brasil se tornou a auto-suficiente em petróleo e do aniversário da morte de Tiradentes deveria ter uma consequência prática, em homenagem ao alferes. O presidente Lula deveria aproveitar a dupla comemoração desta sexta-feira para anunciar a suspensão dos leilões de blocos de petróleo, alguns oferecidos por preços inferiores ao dos carros importados em que circulam defensores da “flexibilização” do monopólio estatal do petróleo.

Caminho
Parceria entre Câmara, Senado e Fiesp facilitará o acesso a informações sobre assuntos relacionados ao setor industrial, com 2 mil projetos em tramitação no Congresso. O portal da Fiesp (www.fiesp.com.br, atalho Fiesp Brasília) vai possibilitar acesso rápido a informações sobre a 100 mil autoridades dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Dólar milagroso
O Governo Lula não é um sucesso apenas para bancos e grandes empresas exportadoras. O grupo Globo também entrou, em 2005, no clube das companhias com lucros bilionários: R$ 1,9 bilhão.

Mesa
Almoço na semana que termina reuniu o presidente da Eletrobrás, Aloísio Vasconcelos, o presidente do fundo de pensão da Petrobras (Petros), Wagner Pinheiro, e o deputado federal (PV) Zequinha Sarney.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFora das Alagoas
Próximo artigoSobra de caixa

Artigos Relacionados

Estaleiros darão a volta por cima

Indústria naval brasileira sofre com política do Governo Bolsonaro.

‘Empreendedores’ fecham suas empresas

Aumentou 35% número de negócios fechados em 2021.

Por que mexer no ICMS e manter dividendos elevados?

Acionistas ganham em dividendos tanto quanto toda a população perderia com corte no imposto.

Últimas Notícias

Clorin ganha destaque nos lares e empresas brasileiras

A empresa amplia distribuição da marca Milton no Brasil.

Tokenização: conceitos e casos de uso dessa tecnologia

BC e CVM acompanharão ao longo deste ano as operações dos projetos aprovados nos respectivos sandboxes regulatórios

Sim Pro Samba homenageia Lula Gigante

O Sim Pro Samba começa às 18h30, na Praça dos Professores. Gratuito!

Solução para o investidor no cálculo e declaração do IR

Usufruir de serviços automatizados para o cálculo e o pagamento de DARFs,

CVM divulga estudo sobre ESG e o mercado de capitais

Relação entre o mercado de capitais e o tema sustentabilidade,