Vírus faz PSA suspender atividades

As fábricas do grupo em Mulhouse (França) e Madri (Espanha) ficarão fechadas por tempo indeterminado.

Empresas / 21:01 - 16 de mar de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O grupo automobilístico francês PSA (que tem como subsidárias a Citroën, Peugeot, Opel, Vauxhall, Faurecia e Mais) anunciou nesta segunda-feira a suspensão da atividade em todas as suas fábricas na Europa, , incluindo a de Portugal, que fecha no dia 18 de março, devido à pandemia de coronavírus.

As fábricas do grupo em Mulhouse (França) e Madri (Espanha) ficarão fechadas, disse o grupo, o segundo maior fabricante europeu. O restante das instalações suspenderá as atividades em etapas ao longo da semana. O grupo PSA justificou a medida “pela aceleração (...) de casos graves de Covid-19 em alguns centros de produção, pela ruptura do fornecimento de fornecedores importantes e pela queda brutal do mercado automobilístico”, segundo comunicado do grupo.

Conforme o jornal Público, de Portugal, o PSA já teve de lidar com problemas semelhantes quando o coronavírus afetou a economia chinesa. Agora, trata-se de lidar com a pandemia de covid-19 na Europa, uma situação que fica a dever-se ao elevado número de casos de contágio “nas proximidades de alguns centros de produção” e também a “interrupções nos fornecimentos dos grandes fornecedores”. Na próxima quinta-feira, serão temporariamente suspensos os trabalhos numa fábrica no Reino Unido e outra na Eslováquia.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor