Viúvas” do Menem

O aumento da pressão do Fundo Monetário Internacional (FMI) nos últimos dias sobre o governo da presidente da Argentina, Cristina Kirchner, em sintonia com os movimentos conservadores locais, além de caracterizar intromissão indevida, revela ignorância seminal: de que o mandato do FMI naquele país terminou na finada administração De la Rúa.

Menina dos olhos
A candidata do PCdoB à prefeitura do Rio, a ex-deputada federal Jandira Feghali, admitiu congelar dívidas com o IPTU e, em alguns casos, até cancelar esses débitos, de casarões abandonados no Centro do Rio de Janeiro. Para a candidata do PCdoB, que classificou o Centro da cidade de “a menina dos olhos de qualquer candidato a Prefeito”, o debate não deve ser reduzido a abrir mão ou não de receitas: “Temos de pensar numa justiça fiscal e encontrar maneiras de desenvolver o crescimento de determinadas atividades econômicas. Não vejo problemas em congelar débitos de IPTU e negociá-los para pagamento futuro. E admito que, em alguns casos, podemos até isentar a dívida. O Centro merece toda nossa atenção. Nas grandes cidades do mundo as pessoas moram no centro, mas isto não acontece no Rio”, comparou.

Existem vagas
As afirmações foram durante debate no Sindicato da Construção do Rio de Janeiro (Sinduscon-Rio). Jandira foi o quinto candidato à Prefeitura do Rio a participar do Ciclo de Debates promovido pela entidade. Os postulantes ao cargo recebem de Roberto Kauffmann, presidente do Sinduscon-Rio, as propostas do setor, que incluem temas como habitação popular, revitalização do Centro Histórico e da Zona Portuária, infra-estrutura urbana e saneamento básico. Levantamento do Sinduscon-Rio constatou a existência de cinco mil imóveis abandonados no Centro da cidade. Se reformados, segundo a entidade, poderiam abrigar até 40 mil residências e receber cerca de 100 mil pessoas.

Aquecido
A indústria de shopping centers prevê, até o fim de 2009, que entrem em funcionamento 32 novos empreendimentos, movimentando cerca de R$ 4 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) citados pela Marko Sistemas Metálicos, que surfa nesta onda. A empresa é responsável pela cobertura de dois centros: o Caxias Shopping, no Rio, e o Porto Velho Shopping, em Rondônia. A Marko estima para 2008 a fabricação de 1 milhão de m² de cobertura roll-on. A empresa planeja este ano superar o faturamento de R$ 110 milhões.

Poder
Ex-assessora de política externa do candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, Samantha Power é a entrevistada do Roda Viva desta segunda-feira. Samantha acaba de lançar a biografia do diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello, o primeiro brasileiro a atingir o alto escalão da ONU (Organização das Nações Unidas) e que morreu vítima de atentado terrorista em Bagdá (Iraque), em 2003. O programa da TV Cultura começa às 22h10m.

Na rede
A projeção de venda de medicamentos no Brasil para este ano é de R$ 29,3 bilhões. Em 2007, foram R$ 28 bilhões. O setor hospitalar provado deve concentrar 10% do total. E nada menos do que R$ 650 milhões serão em compras pela Internet, segundo a Bionexo, plataforma para negócios online. O Brasil hoje é o oitavo maior consumidor de remédios do mundo e o quinto maior produtor. Cerca de 75% das vendas no país são realizadas através de distribuidores e farmácias. Os 25% restantes são por meio de vendas diretas aos hospitais privados e públicos (SUS).

Uso óculos
A estátua do poeta Carlos Drumond de Andrade, localizada em Copacabana, ganhará novos óculos, acessório que já foi roubado cinco vezes. Adotada pela Essilor Brasil, fabricante da lentes para óculos Varilux, a estátua estará novamente completa a partir desta segunda, às 11h30. A adoção terá duração de dois anos.

Adversários
Será que a seqüência de confrontos decisivos entre as equipes de Brasil e Estados Unidos, nas Olimpíadas, vai ensejar em nossos patrióticos locutores as mesmas diatribes que os mobilizam quando os confrontados são outros países, como Argentina e Cuba?

Artigo anterior“Brasiguaios”
Próximo artigoFim de festa
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É a saúde (além da economia), estúpido!

Vacinação e estímulos à economia andam juntos; Brasil fica para trás em ambos.

Cortes poupam petroleiras e ‘bolsa refrigerante’

Para liberar auxílio emergencial, governo prejudica setores essenciais.

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Lula livre. Até quando?

Jurista: Necessidade de proteger Moro e os procuradores da Lava Jato.

Produtividade na indústria cai com menor produção na pandemia

Para 2021, as perspectivas são melhores, em razão do início da vacinação da população.

Demanda por bens industriais cresceu 0,6% em janeiro

Ipea apontou avanço de 6,6% no trimestre móvel encerrado no primeiro mês de 2021.

Aumenta consumo de pornô por público feminino

Relatório de site de entretenimento adulto revela que 39% do acessos são de mulheres.

Abertura de empresas tem alta de 13,4% em novembro

Segundo Serasa, sociedades limitadas impulsionaram índice; comércio teve alta estimulada por Black Friday e festas de fim de ano.