Vocabulário

A reengenharia petista da ética ganhou novos termos. Começou com o caixa 2, rebatizado de “recurso não contabilizado”. Coube, em seguida, ao presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz, dar sua contribuição. Depois que a Controladoria Geral da União (CGU) condenou a farra dos escritórios brasileiros de turismo no exterior (EBTs), sem licitação e com funcionários entrando pela “janela”, Sanovicz justificou-se: “Podemos ter criado situações inéditas para os padrões públicos de controle.” A mais recente contribuição veio diretamente do Planalto, que reclassificou DVD pirata para “cópia não-oficial”.

Receita
Atado, tal qual o Brasil, pela política de meta de inflação, o México comemora uma taxa de 3,05% nos últimos 12 meses, após alta de 0,25% em outubro, mais baixa desde 1972. O Banco do México, banco central, acredita que a meta de 3% no ano será atingida. O crescimento do país, porém, segue ladeira abaixo: deve ficar abaixo de 2,75%, inferior até ao pífio desempenho brasileiro.

Senna
No próximo dia 23, a Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB) entrega o prêmio Líder Empresarial Nacional de Responsabilidade Social 2005, que nesta terceira edição contemplará a presidente do Instituto Ayrton Senna, Vivianne Senna. O evento será no Clube Atlético Monte Líbano, em São Paulo, às 12h.

Natal gelado
Depois de abocanhar 9% do mercado em dois anos no país, a linha Carte d”Or de sorvete ganha uma versão Natal. Aproveitando as festas de fim de ano, a linha, uma parceria da Kibon e da Bauducco, lançou o sorvete de panettone, que busca combinar sabores natalino com o verão brasileiro.

Solidário
Artigos de Carlos Lessa, Sidney Linaza e Isaac Volschan, entre outros, estão em Tecnologia e Desenvolvimento Social e Solidário, livro que professores da Escola Politécnica da UFRJ lançam, dia 16. Editado pela UFRGS, a publicação é uma coletânea de artigos de especialistas que discutem o papel da tecnologia para o desenvolvimento social brasileiro.

Fim dos janeleiros
A pedido do Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro, a delegada regional do Trabalho do Rio, Livia Aroeira, anunciou que vai suspender a concessão de registro de jornalista para quem não tem diploma. Durante os quatro anos em que a liminar de uma juíza substituta suspendeu a exigência de diploma para o exercício da profissão, 13 mil incautos viraram jornalistas de uma hora para outra.

Cúmplice
Para o professor Reinaldo Gonçalves, da UFRJ, a economista Maria da Conceição Tavares é “cúmplice por omissão” do desempenho da economia no governo Lula, que ele considera péssimo.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDisputa elétrica
Próximo artigoDebaixo da ponte

Artigos Relacionados

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Apagão já foi tragédia, volta como farsa

Modelo de mercantilização da energia é o culpado.

Volume de reservatórios pode cair a 6% em novembro

Quadro crítico poderá ser alcançado em 2 meses, mesmo com tarifaço.

Últimas Notícias

Reforma do IR trará impacto negativo para o caixa das empresas

O projeto de reforma tributária do Imposto de Renda aprovado na Câmara no início de setembro merece atenção especial do setor produtivo. O alerta...

A paz é o caminho

Por Paulo Alonso.

Setor farmacêutico ganha aliado para agilizar contratações

Farmácias e drogarias passaram a integrar o aplicativo Closeer, responsável por conectar empresas e trabalhadores autônomos. Oportunidades de trabalho no segmento devem crescer até...

Taxa de desemprego entre os mais pobres é de 36%

Queda em renda indica aumento na desigualdade durante a pandemia; jovens já são 42% dos empregos temporários no primeiro semestre.