Volume de reservatórios pode cair a 6% em novembro

Quadro crítico poderá ser alcançado em 2 meses, mesmo com tarifaço.

Crises de afluência da água nos reservatórios parecidas à atual já ocorreram no histórico brasileiro. “A surpresa não se justifica”, destaca Roberto Pereira D’Araujo, diretor da ONG Ilumina. Ele fez umas contas simples – que classifica “de padeiro” – sobre as reservas disponíveis nos próximos meses.

D’Araujo levou em conta várias suposições otimistas: funcionamento perfeito das usinas nucleares; importação de energia respondendo por 7% da carga; térmicas atendendo a 26% do consumo (e provocando um grande tarifaço sem reações); suposição que a energia das regiões, tanto as afluências e a reserva, transitam sem limitações de transmissão.

Com todas essas suposições otimistas, o volume dos reservatórios pode atingir apenas 6% da reserva máxima em novembro. “A situação é muito grave!”, alerta.

“Evidentemente, São Pedro pode surpreender e nos dar afluências maiores do que as supostas, mas a conta ‘de padeiro’ quer nos lembrar que uma ‘bondade’ surpreendente de São Pedro não deve ser capaz de esconder a falta de investimento.” Para piorar, vivemos o perigo de ficarmos sem a ferramenta de última instância, a Eletrobras.

 

Subsídio e preços altos

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) fez um levantamento dos subsídios de energia embutidos na conta de luz (dados de 2018): 38% são destinados a atividades rurais e de irrigação – o que contempla especialmente o agronegócio; 24% foram para Tarifa Social; e 23% ficaram com fontes alternativas.

As tarifas ficam elevadas, e os preços das commodities não baixam.

 

Menos por mais

O governador do Rio, Cláudio Castro, tem até outubro de 2022 para explicar por que o programa de segurança em Niterói teve número de policiais e de veículos reduzido, mas ficou 50% mais caro do que quando era bancado pela prefeitura da cidade fluminense.

 

Rápidas

Nesta terça-feira, 9h, a Associação Brasileira de Direito Financeiro (ABDF) promove o evento online “A Tributação do Mercado sob o PL 2337/21”. Inscrições aqui *** Guilherme Kato ingressou no Comitê de Tecnologia da Associação Brasileira Online to Offiline (ABO2O) *** Até quarta-feira, o Lecadô promoverá um concurso cultural para celebrar o Dia do Cliente. Para participar, basta postar uma foto ao lado de um produto da marca usando #AMOLECADO, curtir o perfil e marcar dois amigos *** A SalaryFits vai participar do painel “Fintech Synergies Between Germany And Brazil”, nesta quarta-feira, 12h (horário de Brasília) *** A Resilia está com inscrições abertas, até 26 de setembro, para cursos de Data Analytics e WebDev Full Stack *** A Flora Pura apoia o Setembro Amarelo, mês de conscientização sobre suicídio e saúde mental, com a campanha #vivervaleapena, com dicas *** O diplomata Jorio Dauster e a cientista política Magna Inácio participam do Foro Inteligência, nesta quarta, sobre recall político e semipresidencialismo, com transmissão ao vivo.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Terceira via tira a máscara

Diferença para atual governo está nos métodos, não nos fins.

Baía de Guanabara como sujeito de direitos

Em SC, Judiciário debate gestão e governança da Lagoa da Conceição.

Melhor bolinho de bacalhau

O mais novo ‘Patrimônio Cultural’, que foi frequentado por Pixinguinha.

Últimas Notícias

Jovem baixa-renda é mais requisitado para voltar a trabalho presencial

Quanto menor a renda familiar, maior o percentual; brasileiros de 18 a 25 anos somam 42% das contratações temporárias no primeiro semestre.

Formbook afetou mais de 5% das organizações

Capaz de capturar credenciais e registrar digitação de teclado, malware figurou em segundo lugar no ranking mensal do país.

Sauditas liberam exportação de carne de unidades de Minas

De acordo com o Ministério da Agricultura, autoridades do país suspenderam o bloqueio de cinco plantas de carne bovina mineira.

Comerciários do Rio têm aumento

Já em São Paulo, emprego no comércio registra a maior alta mensal desde novembro de 2020.