Volume de vendas do varejo restrito regrediu em março

'Recuo foi acima do esperado por nós (-3,4%) e pelo mercado (-5,1%)', diz Felipe Sichel.

Bottom line – O payroll em abril mostrou criação de 266k vagas de trabalho ante expectativa de 1000k segundo a Bloomberg. O número anterior foi revisto de 916k para 770k.

Os dados apresentam surpresa relevante. Alertamos ontem quanto ao tamanho do desvio padrão nas expectativas, mas evidentemente a magnitude aqui é maior do que o próprio desvio padrão sugeria.

Não alteramos nossa expectativa de que o tapering seja discutido ao longo do segundo semestre e efetivamente implementado no começo de 2022. A leitura de hoje retira uma parte da pressão para uma antecipação desta expectativa.

 

Comentário – Por dentro do número, nota-se avanço de 218k no setor privado, com destruição de 18k vagas na indústria (parcialmente consistente com ISM Manufacturing no começo da semana). O setor de serviço registrou a menor criação em três meses, com quedas significativas em trade/transport (-81k) e temporary help (-111k). Por outro lado, leisure and hospitality, o setor mais afetado pela pandemia viu novamente um forte ritmo de criação de 331k. Com isso, a média móveis de três meses do setor fica em 316.7k.

Os salários médios por hora ficaram em 30,17%, avançando 0,7% no mês e 0,3% YoY. A média de trimestral anualizada perde ritmo dos 3.8% registrados no mês passado e cai para 3.1% este mês. A indicação de horas trabalhadas por sua vez teve leve aumento para 35, permanecendo em patamar muito elevado e possivelmente refletindo tanto questões estatísticas como um ritmo de contratação mais baixo neste momento.

Em termos de desemprego, a taxa U-3 registrou uma leve deterioração para 6.1% (ante expectativa de queda para 5,7%). Já a taxa ampliada U-6 caiu de 10,7% para 10,4%.

Os dados apresentam surpresa relevante. Alertamos ontem quanto ao tamanho do desvio padrão nas expectativas, mas evidentemente a magnitude aqui é maior do que o próprio desvio padrão sugeria.

Há de se ressaltar sempre que a recuperação não será em linha reta e que somente um dado não altera o cenário de retomada na economia americana e que esta recuperação em particular será distinta das anteriores por conta das características da crise. Em termos de mercado o dado provavelmente tem impacto na discussão sobre a segunda derivada da recuperação neste momento.

O volume de vendas do varejo restrito regrediu 0,6% em março, acima do esperado por nós (-3,4%) e pelo mercado (-5,1%). Na leitura anual, expansão de 2,4% (vs. 2,3% das nossas expectativas). Para o varejo ampliado, queda de 5,3% MoM e avanço de 10,1% YoY, em linha com o esperado pela casa, -5,7% MoM e 9,6% YoY (vs. -11,5% MoM e 5,7% YoY esperados pela mediana do mercado). O índice de fevereiro foi reajustado levemente para baixo em 0,1 pp.

Por dentro do índice, queda em quase todas as aberturas, com exceção de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (alta de 3,3%). Destacam-se as quedas de -5,3% para combustíveis e lubrificantes, -41,5% para tecidos, vestuário e calçados, -22% para móveis e eletrodomésticos e -4,5% em Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação.

Para o varejo ampliado, somam-se ainda as quedas de -20% em veículos, motocicletas, partes e peças e -5,6% em materiais de construção. Com o aumento da restrição a mobilidade em diversas cidades, é razoável pensar que as pessoas ficaram mais tempo dentro de casa, puxando a abertura de supermercados e produtos alimentícios para cima. Por outro lado, a paralisação na produção em diversas fábricas automobilísticas limita a quantidade de veículos e peças vendidos, contribuindo para a grande queda dessa abertura.

Espera-se, para o próximo mês, uma recuperação de várias das aberturas com a melhoria dos índices da pandemia e de mobilidade, principalmente na segunda metade de abril. Com o resultado, nossa projeção de IBC-Br encontra-se em -2% para o mês de março, ainda a depender dos resultados da PMS na semana seguinte.

.

Felipe Sichel

Estrategista-chefe do Banco Digital Modalmais

Artigos Relacionados

Urna eletrônica: TSE é acusado de ignorar a ciência

Ausência de um representante do Tribunal ao debate irritou deputados.

WePAD aproxima público das fraldas geriátricas Tena

Ação pretende ajudar consumidores a desmistificarem tabu para compra do produto.

Inflação persiste, mas economia evolui mais que o esperado

Ata da reunião do Copom da semana passada foi divulgada hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

CVM lança novo Sistema de Gestão de Fundos de Investimento

A partir de 5 de julho, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) irá disponibilizar o novo Sistema de Gestão de Fundos de Investimento (SGF)....

B3 acolhe novo fundo gerido pela XP Asset

Aconteceu nesta terça-feira, na B3, o toque de campainha para comemorar o lançamento de mais um ETF (Exchange-Traded Fund), que é um fundo de...

Airbus e chinesa AVIC fazem parceria

Um projeto de equipamento de fuselagem do Airbus A320 foi lançado em conjunto pela Airbus e pela Aviation Industry Corporation of China (AVIC) nesta...

BID lança guia para ajudar na emissão de títulos sustentáveis

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) lançou um guia para auxiliar e fomentar a emissão de títulos temáticos. O lançamento acontece por meio do...

Vivant lança lata comemorativa ao Dia Internacional do Orgulho LGBT

A lata estampa as cores do arco-íris e traduz o posicionamento da empresa sobre o respeito à diversidade.