Volúvel

Distribuída há pouco menos de um mês, a cartilha do Banco Central sobre o novo Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) já está desatualizada. Embora, na página 6 do documento, se informe que a compensação em tempo real será automática para valores a partir R$ 5 mil, menos de cinco dias antes de o SPB entrar em vigor, o BC elevou em dez vezes esse limite, para R$ 5 milhões. E, mais curioso, sem nenhuma explicação plausível para tamanha mudança.

Por que os juros não caem?
A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de manter a taxa básica de juros (Selic) engessada em 18,5% ao ano deveria desfazer de vez as ilusões dos que insistem em atribuir a variações na segunda ou na terceira casa à direita dos índices de inflação o futuro da política monetária tucana. A principal causa de o país ostentar os mais elevados juros do mundo – cerca de 160% no cheque especial para uma inflação prevista de 4% ao ano – é o modelo econômico inaugurado pelo Plano Real, cuja principal lógica é a dependência umbilical de financiamento externo.
À primeira ameaça de fechamento da torneira de irrigação de dólares, o país vai à breca. Por isso, o BC mantém os juros pornográficos, para remunerar o capital especulativo e, principalmente, evitar que o país cresça, reduzindo os excedentes para exportar e elevando as importações. O resto é racionalização monetarista.

Sangria
A indústria eletrônica faturou R$ 58,2 bilhões, com crescimento de 15% em relação a 2000.
Ainda segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), o setor emprega 130 mil pessoas. Apesar disso, o setor é um dos principais responsáveis pela pressão sobre as contas externas do país, devido ao elevado grau de desnacionalização e desmonte, principalmente na área de componentes.

Sem “gato”
As concessionárias de energia elétrica instaladas no Estado do Rio de Janeiro estão proibidas de incluir nas contas a cobrança da taxa de iluminação pública. Ontem, o Diário Oficial do Estado, publicou a Lei 3.813, proibindo a cobrança. De autoria do deputado estadual Wolney Trindade, ela foi sancionada pela governadora Benedita da Silva.

Na garrafa
Cacique da mídia e, et por cause, da política de Sergipe, o governador do Sergipe, o tucano Albano Franco, está de volta ao mercado de bebidas. Depois de ser responsável pela distribuição da Coca-Cola no estado, Franco está investindo R$ 60 milhões para erguer uma fábrica de cerveja no município de Propriá. Batizada de Cervejaria Guararapes Ltda., a nova fábrica terá capacidade inicial para produzir até 1,1 milhão de hectolitros por ano e deve ser inaugurada em outubro de 2003. Segundo Ricardo Franco, filho do governador e responsável pelo projeto, a cerveja será distribuída em parte do Nordeste.

Mão única
Do economista Paulo Nogueira Batista, ironizando o apoio do governo Bush aos golpistas que tentaram derrubar Hugo Chávez na Venezuela: “Os EUA são a favor da democracia em todos os países – menos naqueles insensatos que elegem governos contrários aos interesses e preconceitos norte-americanos.”
Camaleão
O fracasso dos golpistas venezuelanos também provocou mudanças semânticas. Um dos principais incensadores da derrubada de Chávez, o jornal venezuelano Últimas Notícias, agora, chama a ação contra a democracia de “conspiração” e “golpe”.

Volta ao passado
O país voltou ao tempo dos pacotes eleitorais e das tentativas de ganhar o jogo no tapetão.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTerrorista
Próximo artigoAcéfalas

Artigos Relacionados

Guedes esperava muito da educação

Setor educacional prometeu, mas ainda não cumpriu.

Petrobras também foi ao mercado em Londres

Estatal criou subsidiária na década de 80 para atuar nas Bolsas.

Petroleiras ganham dinheiro no mercado, não com produção

Desde a década de 1980, companhias viraram empresas financeiras.

Últimas Notícias

Câmara rejeita ‘PL antiterrorismo’

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira a urgência para votar o Projeto de Lei (1595/19) que cria uma polícia política que permite ao...

Programa AceleraD’Or de Mentoria entra em fase decisiva

Em fase decisiva para a escolha das 10 empresas participantes do projeto, o Programa AceleraD’Or de Mentoria, patrocinado pela D’Or Consultoria, teve repercussão positiva...

Aconseg-RJ mostra um 2022 promissor para as assessorias

Em reportagem especial da edição, os executivos confirmam a rápida resposta do setor e sua adequação aos tempos de desafios que foram superados com...

Inovação em Seguros concederá NFTs a vencedores

Uma das novidades do Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, promovido pela Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), será a concessão...

Anbima projeta taxa de juros em 11,75% em 2022

A taxa de juros deve voltar a dois dígitos no início do próximo ano e chegar em 11,75% no mês de maio, de acordo...