Votação de urgência do projeto de lei do arcabouço fiscal fica em destaque

52

Nesta quarta-feira, o mercado segue com as atenções direcionadas para a votação da urgência do projeto de lei do arcabouço fiscal, a fim de acelerar sua tramitação. Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central também é monitorado na abertura da I Conferência Anual do Banco Central, enquanto Fernando Haddad, ministro da Fazenda, estará em audiência pública na Câmara.

Nos negócios locais é esperado um dia de espera pela votação de urgência do projeto de lei do arcabouço fiscal. O mercado deve se voltar para agenda local, uma vez que a agenda externa é mais fraca. Porém, os índices futuros de Nova York exibem sinal positivo, e somado à alta do petróleo podem motivar uma alta no Ibovespa. No câmbio, poderemos ter um dia ruim para o real visto que o dólar ganha força no exterior, o que pode pressionar também o mercado de juros futuros.

Lá fora, os contratos futuros de petróleo operam no positivo e com alta volatilidade. Em Nova York, os índices futuros acionários também sobem após um dia no vermelho nos mercados à vista americanos. Já na Europa, as principais bolsas negociam sem direção única, assim como na Ásia, onde as bolsas fecharam mistas nesta quarta-feira.

Espaço Publicitáriocnseg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui