Way-306 vence leilão de concessão da rodovia MS-306

Consórcio ofereceu o pagamento de R$ 605,3 milhões de outorga

Mercado Financeiro / 20:47 - 5 de dez de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A B3 conduziu nesta quinta-feira o leilão de concessão para exploração da rodovia estadual MS-306 promovido pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) do Mato Grosso do Sul. O vencedor foi o Consórcio Way -306 – liderado pela Bandeirantes Engenharia com as empresas TCL Tecnologia e Construções, Senpar, Torc Terraplanagem e GLP Brasil.

O pagamento de R$ 605,3 milhões de outorga ao governo do Mato Grosso será depositado no Fundo de Desenvolvimento Rodoviário (Fundersu). O Consórcio Way-360, representado pela corretora Guide Investimentos, vai administrar 219,50 quilômetros da MS-306.

A outorga foi muito além das expectativas, não fazia parte da proposta econômica do projeto e isto só demonstra a confiança do mercado no Estado de Mato Grosso do Sul e no projeto”, disse o governador Reinaldo Azambuja.

A rodovia MS-306 é uma importante via para o agronegócio, por estar localizada em polo de integração comercial entre os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais, sendo rota de escoamento de produção de açúcar, álcool, algodão, soja e milho.

Para o governador, o projeto mostrou credibilidade, confiança e segurança. “Mato Grosso do Sul está pronto para receber investidores que estejam interessados em outros projetos de rodovias que vamos apresentar”, completou.

 

Melhorias

 

A empresa vencedora ficará responsável pelos serviços de recuperação, operação, manutenção, conservação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade da rodovia.

Os trechos rodoviários que compõem a rodovia MS-306 são constituídos por 17 segmentos rodoviários, definidos no Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul – SRE/2016. O trecho inicia-se no Km 0 + 0,00 na localidade denominada Placa de Mineiros e termina no km 218 + 100, no entroncamento com a BR-158 (A) em Cassilândia (MS).

Além da Way 306, outro consórcio que participou do leilão foi a Via Brasil MS. A outorga vencedora superou em cerca de 500% a oferta de R$ 100 milhões da Via Barsil.

O projeto engloba investimentos integrais previstos para a rodovia, no valor de R$ 1,7 bilhão, no período de 30 anos.

Segundo estudos, com a concessão deve ocorrer a redução do número de acidentes, geração de mais de dois mil empregos diretos e indiretos, diminuição do tempo de deslocamento e economia de R$ 4 milhões/ano em investimentos na manutenção da rodovia.

O contrato entre o consórcio e o Estado deve acontecer em até 90 dias, com pagamento de 19% do valor. As obras na rodovia têm previsão de início em meados de 2020, e as praças de pedágio no período de um ano após início dos investimentos, informou a secretaria de Comunicação de MS.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor