Webjet e BRA negociam parceria seguida de fusão

As companhias aéreas BRA e Webjet negociam parceria operacional, que deverá funcionar como o início para uma futura fusão. A princípio, as duas companhias acertariam um acordo de code-share para o mercado doméstico, com a opção de uma posterior troca de ações.
A WebJet voa entre as cidades do Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador e Porto Alegre tendo assumido seu controle recentemente o empresário Jacob Barata. Já a BRA, possui uma malha maior, mantendo linhas regulares nacionais no segmento de vôos charter. Além disso, a companhia recebeu recentemente a autorização para operar itinerários internacionais, na Espanha e Portugal.
Jacob Barata entrou na empresa no início deste ano e já investiu cerca de R$ 5 milhões na retomada de rotas e no aumento da frota. Enquanto na BRA, o empresário Humberto Folegatti estaria buscando um comprador para a empresa. Há rumores no mercado de que ele já teria iniciado conversações com fundos de private equity. A associação com a WebJet seria uma alternativa para se manter no negócio, com a vantagem de aumentar a escala da companhia e ainda teria um parceiro para dividir o risco operacional, de acordo com o Relatório Reservado.

Artigo anteriorGangorra anunciada
Próximo artigo“My land”
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Indústria do Brasil cai menos que mundial na pandemia

‘Soluço’ não detém trajetória de queda iniciada no final dos anos 1980.

Batendo palma para maluco dançar

CPI precisa ser ágil para não deixar governistas propagarem mentiras impunemente.

Cristiano Ronaldo, Coca-Cola e Nelson Rodrigues

Atitude do craque português realmente derrubou ações da companhia de bebidas?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Renda mensal per capita para acesso ao BPC reduziu para 1/4 do mínimo

Também foi regulamentado o auxílio-inclusão.

Indústria do Brasil cai menos que mundial na pandemia

‘Soluço’ não detém trajetória de queda iniciada no final dos anos 1980.

STF confirma decisão que considera Moro parcial no caso do triplex

Marco Aurélio e Luiz Fux votaram contra parcialidade do ex-juiz.

Salles pede para sair

Alvo de investigações, ministro do Meio Ambiente teve exoneração publicada em edição extra do D.O.U.

Resultado do Dia dos Namorados confirma recuperação dos shoppings

Levantamento revela alta de 134,4% nas vendas da data comemorativa.