Webjet e BRA negociam parceria seguida de fusão

As companhias aéreas BRA e Webjet negociam parceria operacional, que deverá funcionar como o início para uma futura fusão. A princípio, as duas companhias acertariam um acordo de code-share para o mercado doméstico, com a opção de uma posterior troca de ações.
A WebJet voa entre as cidades do Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador e Porto Alegre tendo assumido seu controle recentemente o empresário Jacob Barata. Já a BRA, possui uma malha maior, mantendo linhas regulares nacionais no segmento de vôos charter. Além disso, a companhia recebeu recentemente a autorização para operar itinerários internacionais, na Espanha e Portugal.
Jacob Barata entrou na empresa no início deste ano e já investiu cerca de R$ 5 milhões na retomada de rotas e no aumento da frota. Enquanto na BRA, o empresário Humberto Folegatti estaria buscando um comprador para a empresa. Há rumores no mercado de que ele já teria iniciado conversações com fundos de private equity. A associação com a WebJet seria uma alternativa para se manter no negócio, com a vantagem de aumentar a escala da companhia e ainda teria um parceiro para dividir o risco operacional, de acordo com o Relatório Reservado.

Artigo anteriorGangorra anunciada
Próximo artigo“My land”
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

Mudar preços implica parar venda de refinarias

Mercado financeiro cobrará deságio, e Petrobras precisa de ativos para poder operar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

Dívida bruta atinge 89,7% do PIB, o maior percentual da história.

Presidente do Inep é exonerado do cargo

Medida foi publicada no Diário Oficial de hoje; até o momento, não foi anunciado o nome de quem o substituirá.

Primeiro caso de Covid-19 no Brasil completa um ano

Brasil tem novo recorde de mortes diárias, diz Fiocruz; boletim informa que houve ontem 1.148 mortes.

Confiança da indústria e dos serviços caem em fevereiro

Níveis de Utilização da Capacidade Instalada também recuaram: o da indústria caiu 0,8 ponto percentual; e do serviço, 1 ponto.

Mau humor alastrando

Ontem, o mau humor dos investidores se fez presente no mundo e trouxe reviravolta para os mercados.