Zodíaco dos vinhos: Touro

O seu calor é direcionado ao acasalamento, é o calor da terra, que nutre e fecunda.

Touro é um dos signos do elemento Terra, que concretiza e torna mais duráveis as conquistas do Fogo. Realismo, perseverança e materialismo são características alinhadas com os signos de Terra. Além de ter como elemento natural a Terra, o planeta regente de Touro é Vênus, segundo planeta do sistema solar, em média o mais próximo da terra (o que depende das órbitas), e, ainda, o mais quente e o mais brilhante.

Na mitologia romana, Vênus corresponde a Afrodite da mitologia grega, Deusa do Amor e da Beleza. Vênus é considerado um planeta do tipo terrestre ou telúrico, pela sua similaridade quanto ao tamanho e massa da Terra. Apesar de Mercúrio estar mais perto do Sol, Vênus tem uma superfície mais densa, que acumula mais calor. Isso reforça o caráter de fixação do signo de Touro. O taurino busca rotina, estabilidade e relações sólidas, mas tem o perfil caloroso e atraente de sua deusa inspiradora. O seu calor é direcionado ao acasalamento, é o calor da terra, que nutre e fecunda.

A imagem que me vem da passagem de Áries a Touro é de alguém que, cansado da vida intempestiva, busca um abrigo, recolhe o fruto de suas conquistas e vai descansar, comer, dormir e amar. Guloso, sexual, possessivo, teimoso e preguiçoso, estes são alguns dos estereótipos do taurino, que também remetem ao perfil parrudo do animal representativo.

Vamos aos vinhos? Continuamos a falar de vinhos tintos, que são mais calorosos, para esse filho de Vênus e Terra. A estrutura de um vinho taurino vem especialmente do álcool, que se ressalta diante de uma acidez mediana (diminui em climas mais solares) e provoca mais sensação de untuosidade em contato com notas de frutas adocicadas. O tanino está presente, mas é macio, preservando a volúpia envolvente do conjunto.

A espanhola Garnacha (Grenache na França) ocupa o primeiro decanato taurino, afinal não podia faltar a Espanha no repertório de um Touro. Mais tardia para amadurecer, ela gosta de estar perto do sol, como na região mediterrânea da França, da Espanha e da Itália, onde se chama Cannonau. Ali ela acumula açúcar, fazendo um vinho potente em álcool, mas com estrutura tânica menor em relação a seus parceiros de corte. Tem aromas adocicados de frutas vermelhas, ameixa seca e especiarias doces. Ainda tem um pouco do ímpeto ariano andarilho, principalmente se motivado pelas suas paixões (que são muitas): Syrah, Mourvėdre, Tempranillo, Graciano, Carignan etc.

Carménère é a cepa clássica de Touro, que também apresenta essa opulência, faz um vinho colorido, com aromas de frutas vermelhas compotadas, alto álcool e baixa acidez – um vinho com uma gordurinha a mais. Inconformado com a vida múltipla e instável na pele da Garnacha, a Carménère optou por um território mais seu: o Chile. Ali ela pode amadurecer lentamente (para não ganhar um perfil herbáceo), ter uma vida mais rotineira e atrair a atenção de muitos consumidores.

Mas a viagem continua, temos o signo da sociabilidade a seguir, um signo de ar. Como tirar o doce e preguiçoso taurino do conforto de seu lar? Uma dieta vai bem. Cabernet Franc é o Touro do terceiro decanato, que oscila de peso, com versões mais magras (Vale do Loire, Brasil, Chile), boa acidez e taninos delicados a perfis mais encorpados, com maior graduação alcoólica e taninos mais marcados (Saint Émilion, Argentina). Já amadurece um pouco mais cedo, embora também peça mais tempo para atenuar as notas herbáceas. Pimentão vermelho, frutas negras e vermelhas são alguns dos descritores aromáticos mais comuns. Mesmo nas versões mais encorpadas, Cabernet Franc apresenta um frescor – são os ares geminianos trazendo leveza e dupla personalidade ao taurino.

No próximo artigo, será a vez dos vinhos de Gêmeos. Acompanhe a série!

Em breve, Passaporte França da CAFA Wine School. Para saber sobre Cursos e Wine Masters Class de Míriam Aguiar, visite: https://miriamaguiar.com.br/blog – Instagram: @miriamaguiar.vinhos

 

 

Artigos Relacionados

Deputado pede isenção de ICMS para botijão de gás

Luz, combustíveis e cesta básica também têm alíquotas muito superiores às dos outros estados brasileiros.

Finlândia quer atrair imigrantes

Com preços altos e clima frio, missão não é das mais fáceis.

Indústria do Brasil cai menos que mundial na pandemia

‘Soluço’ não detém trajetória de queda iniciada no final dos anos 1980.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

ENS e Ministério da Agricultura fazem live para lançar curso gratuito

Live no dia 7 de julho terá a participação de representantes do MAPA e especialistas em agronegócio.

Carta Fabril lança o papel higiênico premium Cotton Folha Tripla

Novidade foi desenvolvida para levar mais maciez com preço justo ao consumidor

LDZ Escola abre curso de animação digital 2D da ToonBoom Animation

Arte digital e cultura nerd beneficiam saúde e qualidade de vida.

Vendas Club traz conteúdo exclusivo para todo o Brasil

Propósito é prestar serviço para profissionais se manterem atualizados sobre o cenário de vendas.

Imóveis comerciais: segmento deve reaquecer de forma gradual

Desaquecimento por imóveis comerciais ocorreu por causa do home office imposto pelas restrições sanitárias.